magazinecidamont

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Secretaria de Justiça entrega Certificados aos agentes Peniteciários em Sobral

A Secretaria de Justiça e Cidadania realizou na tarde de ontem, dia 21, no auditório do Centro de Educação a Distancia, em Sobral, a entrega de certificados de conclusão do curso de técnicas e procedimentos prisionais CTPP, curso ministrado por agentes penitenciários do comando penitenciário deoperações especiais-CPOE, que capacitou 50 profissionais para atuarem em procedimentos de segurançae na rotina de trabalho das unidades prisionais da região norte, o evento contou com a participação do Secretário Adjunto de Justiça, Dr. Sandro Camilo e o diretor do Departamento Penitenciário EstadualDesipe, Dr. Edmar Santos.

Fonte: Sobral 24 horas

Policiais do Destacamento de Campos Belos, prendem uma pessoa com armas de fogo.

14391021_1828710117375925_1647606594179153673_n

Na manhã desta quinta (22), durante uma abordagem de rotina, no Distrito de Campos Belos, em Caridade-CE, a composição do Destacamento local composta pelos SGT Glaubério e Soldados Nascimento e Teixeira, flagrou o indivíduo identificado como José Aldemir Ferreira da Silva, portando um revolver Cal. 38 com a numeração inelegível, municiado com 06 cartuchos intactos, e uma pistola PT 840 cal. 40, pertencente ao acervo da Polícia Civil, com um carregador e 15 cartuchos intactos. O acusado foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil onde foi autuado em flagrante delito.

Criança desaparece ao sair para sítio

Uma criança de oito anos está desaparecida há mais de 24 horas, no município de Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza. Identificada como Raquelly Matias Alves, a menor desapareceu ao sair de casa no bairro Gereraú, para ir a um sítio, ao lado da residência onde mora, ainda na tarde de quarta-feira (21). 
Familiares afirmam que Raquelly tinha costume de fazer este trajeto e sempre estava no sítio, quando a mãe não estava em casa. Ontem, segundo vizinhos, ela não realizou o percurso. Ao notar o desaparecimento, parentes acionaram a Polícia Militar para realizar buscas.
Moradores do bairro estão apreensivos com o sumiço da criança e ajudam a fazer as buscas. Até o momento, Raquelly não foi encontrada. O Corpo de Bombeiros foi acionado após uma denúncia de que uma pessoa tinha se afogado em um poço, mas a informação não foi confirmada. Nada foi encontrado.  
A mãe da criança, Patrícia Alves, pediu que qualquer informação seja repassada para a Polícia Militar. Raquelly usava um vestido amarelo com branco, quando desapareceu. 
Fonte: Cnews

Foragido do CE é capturado no Rio Grande do Norte

Francisco Dénison havia fugido da Cadeia Pública de Morada Nova
Um cearense foragido da Cadeia Pública de Morada Nova foi preso em uma operação conjunta entre as Polícias do Ceará e do Rio Grande do Norte. Ele estava na companhia de outros dois homens. A ação ocorreu, nesta quinta-feira (22), na cidade potiguar de Apodi.
Francisco Dénison Lima da Silva (24), cearense de Limoeiro do Norte, estava foragido há poucos dias. Ele já responde pelo crime de roubo e foi preso em março deste ano. O cearense foi preso na companhia dos potiguares Miqueias Pinheiro de Lima (26) e Paulo Henrique da Silva (19).
De acordo com a Polícia, na manhã desta quinta, por volta das 5h30min, Dénison e os outros dois homens tentaram matar um homem que havia acabado de sair do Centro de Detenção Provisória de Apodi (RN), onde cumpre pena no regime semiaberto. O trio chegou em um veículo de cor preta, de Mossoró (RN), e efetuou vários disparos contra a vítima. O presidiário foi socorrido e levado a um hospital na cidade. Além disso, o trio também é acusado de roubar um estabelecimento comercial na cidade de Umarizal (RN). 
Com os homens, os policiais do Grupo Tático Operacional de Apodi apreenderam três revólveres (dois calibres 38 e um calibre 32), 40 frascos de perfumes, 10 frascos de hidrantes, uma balança de precisão, cinco relógios, seis aparelhos celulares, 10 munições calibres 38, pulseiras, cordões, brincos, um veículo, um par de tênis e uma quantia de R$ 544,00. O trio foi conduzido para a Delegacia de Apodi, onde responderão aos crimes de  assalto, roubo e tentativa de homicídio. Os homens foram levados para o Centro de Detenção Provisória de Apodi, onde ficarão presos.

Após troca de tiro equivocada no CE, PM baleado é agredido por colega

Agente chuta o rosto e o corpo do cabo da PM que estava caído.
Secretaria informou que foi aberto um inquérito para apurar as agressões.

Do G1 CE







Um vídeo gravado após o confronto entre dois policiais em abordagem equivocada em uma farmácia de Fortaleza, na quarta-feira (22), flagrou um outro policial militar agredindo um dos agentes baleados. (veja no vídeo acima) A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que foi aberto um inquérito para apurar as agressões.
O vídeo mostra o momento em que um agente da Força Tática de Apoio (FTA) da PM chega ao local da ocorrência e agride o policial que estava caído após ter sido baleado. Ele chuta o rosto e o corpo do cabo da PM, até que é afastado por outros agentes.
A SSPDS disse que o policial que agrediu o outro PM foi ouvido no Comando de Policiamento da Capital (CPC), no Centro. Conforme a pasta, um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apurar o caso.
Dois policiais baleados
O inspetor da Polícia Civil e cabo da PM foram baleados em uma farmácia na Avenida Duque de Caxias. Conforme a SSPDS, houve uma interpretação errada, envolvendo os dois agentes de segurança, que estavam à paisana.

De acordo com o coronel Francisco Souto, comandante do Policiamento da Capital (CPC), o PM foi confundido com um assaltante pelo policial civil e ambos entraram em confronto. Durante a abordagem, o policial militar não percebeu que o homem também era policial e atirou. O inspetor foi atingido, revidou e também baleou o cabo.
Os dois policiais envolvidos na trocas de tiros foram socorridos ao Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF). O estado de saúde dos agentes é estável, mas delicado, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (22) pela SSPDS.

PRE apreende 200Kg de drogas

Três pessoas foram presas e cerca de 200Kg de drogas apreendidos pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) na madrugada de ontem, na CE-257, no município de Santa Quitéria, a aproximadamente 220Km de Fortaleza.
Antônio Rodrigues do Nascimento, 49, e Ernanda de Melo Silva, 34, transportavam a carga ilícita em um táxi de Santa Quitéria, um veículo Chevrolet Prisma, de placas PMR-5946, de cor branca, por volta de 3h, quando passaram pelo posto de fiscalização fixo da PRE, no km 235 daquela rodovia.
Os policiais desconfiaram do comportamento do casal e o veículo foi parado. Na revista, foram localizadas duas sacolas com maconha no piso do banco traseiro. Quando foram inspecionar o porta-malas, os policiais acharam mais três sacolas com o mesmo tipo de droga, além de 500 gramas de pasta base de cocaína. Ao pesarem as sacolas, foi registrado o peso aproximado de 200 kg de maconha.
Receptadora
O casal então levou os agentes militares até uma mulher que seria a receptadora da droga. Eles foram até a rodoviária do município de Santa Quitéria, onde encontraram Francisca Rayla Santos Silva, de 20 anos. Ela também foi presa em flagrante.
O trio suspeito e a droga foram levados à Delegacia de Crateús, onde o flagrante por tráfico de drogas foi lavrado. Os três presos, que residem em Santa Quitéria, não informaram a origem do produto ilícito.

Genro ordenou a morte de pastor em culto, diz Polícia

A última palavra do homem que levava a fé a moradores de Redenção, a aproximadamente 55Km de Fortaleza, foi o hebraico 'assim seja'. O culto terminara por volta das 20h e, na despedida tradicional dos fiéis, o pastor Henrique Júnior de Moraes, 49, disse o último 'amém'. Os olhos, ali, fecharam-se para sempre, ao ser atingido por disparos efetuados por dois homens que invadiram o local com armas nas mãos.
O crime ocorreu na noite da última quarta-feira (21) no bairro Conjunto Novo, no distrito de Antônio Diogo. Poucas horas depois, seis pessoas foram capturadas e a trama descoberta pela Polícia: o genro da vítima, que havia sido casado por oito anos com a filha do pastor, teria ordenado a morte do religioso.
A ação rápida que levou à captura dos suspeitos envolveu policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e militares do Batalhão de Choque (BPChoque) e outros, lotados nos batalhões daquela região do Estado.
De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a motivação do crime foi uma discussão, ocorrida na entrada de um supermercado no município, entre a vítima e o ex-marido da filha dele, Francisco Aldairton da Silva Farias, o "Fifi", de 38 anos. Ele foi preso em casa, no bairro Boa Fé, em Redenção.
Brigas
De acordo com a delegada titular da DHPP, Socorro Portela, a desavença entre os dois já durava algum tempo. "Eles já viviam em atrito pois o acusado tem uma filha de dois anos com a filha do pastor. Havia divergências quanto às visitas à criança. Isso deixava o investigado aborrecido. Na quarta-feira eles discutiram e culminou com o desejo de "Fifi" matar o pastor", disse a presidente do inquérito.
Conforme relatos de testemunhas, o culto ocorria em uma residência, fato comum na rotina do religioso. Na casa estariam cerca de 10 a 15 pessoas. Naquela noite, contudo, dois homens em uma motocicleta chegaram ao local. Quando Moraes encerrou a reunião, foi atingido por dois tiros. Já caído, ainda recebeu mais disparos, nas costas. Ele chegou a ser socorrido a uma unidade de saúde mas não sobreviveu aos ferimentos e morreu no hospital.
A motocicleta utilizada pela dupla foi abandonada em um local distante aproximadamente um quilômetro de onde cometeram o crime. Isto, conforme a Polícia, acabou facilitando as investigações. Através do veículo, os investigadores conseguiram identificar os dois homens que chegaram à residência e atiraram no pastor.
Os policiais foram então ao município de Barreira e capturaram Antonio Cássio Almeida da Silva, de 27 anos, que já responde a quatro procedimentos por roubo, furto, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e receptação. Também foi detido Antônio Leandro Garcia Farias, 22, suspeito de envolvimento em roubo com restrição de liberdade da vítima, porte ilegal de arma de fogo e ameaça, além de estar com um mandado de prisão em aberto do município de Hidrolândia. Os dois, conforme a Polícia, foram os responsáveis por efetuar os disparos. Com eles, os policiais encontraram as armas do crime.
A Polícia capturou ainda Francisco Dyohta Honório, o "Zóio de Bomba", de 27 anos, responsável por dar fuga aos executores e suspeito de ter assassinado a própria esposa, no distrito de Antônio Diogo.
"Vamos agora também acionar o Judiciário para averiguar as informações. Conforme nossa apuração, ele teria matado a companheira com um tiro na cabeça, em 23 de agosto. O crime teria ocorrido na frente do filho do casal, de apenas seis anos", apontou a delegada.
Também foram detidos Luiz Pereira de Lima Neto, o "Jumento", de 19 anos, e um adolescente de 16 anos. Eles são apontados nas investigações como aqueles que forneceram a motocicleta usada na execução.
Material
No total, a Polícia apreendeu duas armas, sendo um revólver calibre 38 e uma pistola ponto 40, munições, um colete balístico, nove aparelhos celulares, além de uma quantidade de cocaína e crack e a motocicleta utilizada no crime.
Socorro Portela ressaltou o empenho dos policiais em desvendar o crime. "O trabalho foi positivo. Todos os envolvidos foram identificados, a arma utilizada no crime foi identificada também. Temos um prazo de dez dias para concluir o inquérito", afirmou a delegada.
De acordo com a investigadora, a conduta dos suspeitos foi individualizada e cada um responderá, na medida de sua participação, por homicídio, associação criminosa, corrupção de menor e tráfico de drogas.
Na manhã de ontem, o grupo foi levado de Redenção para Fortaleza, à sede da DHPP, no Bairro de Fátima. O adolescente foi enviado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Eles foram ouvidos durante todo o dia.