segunda-feira, 18 de março de 2019

Barragem do açude Granjeiro é embargada pela Agência Nacional das Águas

A Agência Nacional das Águas (ANA) embargou provisoriamente a barragem do açude Granjeiro, localizada no município de Ubajara, na Região da Serra de Ibiapaba, por contas dos riscos de rompimento da estrutura. O empreendimento é particular e pertence à Agroserra Companhia Agroindustrial Serra da Ibiapaba. A medida visa fazer com que a empresa tome providências imediatas de segurança, a fim de diminuir os riscos. , A decisão foi tomada na última quarta-feira (13), mas divulgada apenas neste domingo (17).
A Agroserra não poderá operar a barragem enquanto o embargo durar. Além disso, a Agência afirmou que vem autuando o empreendedor desde 2017, por causa das condições de abandono e a não ação para mudar a situação. Os riscos de rompimento foram apontados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh), na última terça-feira (12), quando técnicos do órgão e encontraram uma erosão significativa na parede lateral de dentro da barragem, que fica em contato com a água. ANA esteve no local e deflagrou situação de emergência. 
Desde que a barragem foi classificada em situação de emergência, ações de melhorias estavam sendo feitas pela ANA, Cogerh, Defesa Civil, e as Prefeituras Municipais de Ubajara e Tianguá. No entanto, com o forte volume de chuvas na região e um dos sangradouros da barragem obstruído, a Defesa Civil emitiu um novo alerta de risco de rompimento. Com isso, a Prefeitura de Ubajara decidiu evacuar o local na noite do último sábado (16). 
Cerca de 250 famílias que moravam no entorno da barragem do açude Granjeiro foram evacuadas para as casas de parentes e outras para o Santuário da Mãe Rainha, que fica no bairro São Sebastião, em uma área afastada. Ao todo, 513 famílias deveriam ser retiradas, o que corresponde a 3.200 pessoas, mas cerca de 960 moradores se recusaram a sair de suas residências.  
Neste domingo (17), o Balneário do Boi Morto foi esvasiado para evitar maiores inundações em caso de rompimento da barragem do açude Granjeiro. Isso porque as águas do Grajeiro abastecem parte do Balneário.
Segundo o prefeito de Ubajara, Renê Vasconcelos, um gabinete de crise foi montado para monitorar a situação do açude e da região. Além disso, neste sábado, aberturas na parede do açude foram feitas por uma escavadeira, para que a água escoe e o volume da água diminua.  
"Hoje, a barragem se encontra relativamente estável, com a abertura desse novo sangradouro. Isso foi feito para que o volume do açude diminua e não coloque em risco a vida da população", afirmou o prefeito.  
Ele acrescentou, ainda, que irá se reunir com o proprietário da barragem, com o governador, para que o açude não seja desativado, pois é muito importante para os moradores da região. 
A reportagem procurou o proprietário da empresa para ele se manifestar sobre a decisão, mas o responsável estaria em Fortaleza e não foi encontrado.

Homem é executado com vários tiros de pistola no município de Morada Nova

Um homicídio a bala foi registrado na noite de domingo (17) no município de Morada Nova. A vítima foi assassinada com vários tiros de pistola.
De acordo com informações da Polícia Militar, o crime aconteceu por volta de 20h na localidade de Uiraponga, quando dois elementos que transitavam em uma motocicleta, invadiram a residência da vítima e lhe executaram com vários tiros de pistola .40 e .45.
A Perícia Forense foi acionada e encaminhou o corpo da vítima ao Instituto Médico Legal – IML para realização dos devidos procedimentos. A polícia continua a caça dos assassinos mas até o momento ninguém foi preso.

Detento suspeito de estuprar criança de apenas 6 anos em Baturité é assassinado menos de uma semana após ser preso

Um homem que estava preso na cadeia pública de Caridade, suspeito de estuprar uma criança de apenas 6 anos de idade no último mês de fevereiro em Baturité, foi assassinado dentro de uma das celas da penitenciária.
Agentes encontraram o detento Francisco Paulino de Melo, de 49 anos, já sem vida e com sinais de agressão pelo corpo dentro da cela em que estava.
Os possíveis autores do crime já foram identificados pela Polícia Civil e deverão responder em juízo. O detento tinha sido preso na tarde da última terça-feira (12) por policiais da Delegacia Regional de Baturité e foi transferido para a unidade prisional de Caridade.
O CRIME
Segundo as investigações, o homem conhecido como ‘Cizé’ trabalhou como pedreiro na casa da vítima em dezembro de 2018, e se aproveitou do conhecimento que tinha da rotina dos moradores do imóvel para, em fevereiro, retornar ao local e cometer o crime.

MULHER É PRESA POR TRÁFICO DE DROGAS EM MADALENA.


No domingo (17), uma equipe do BP Raio de Boa Viagem, ao realizar patrulhamento de rotina na cidade de Madalena, na área de atuação da 4° Cia, recebeu a denúncia dando conta que uma mulher estaria vendendo drogas no bairro Henrique Jorge.
Ao abordar a residência, os policiais encontraram uma vasta quantidade de drogas e outros pertences que ligam a proprietária ao tráfico de entorpecentes. 
Ao todo foram encontrados 24 papelotes de crack;
8 papelotes de maconha;
4 celulares;
1 estilete;
1 kg de barrilha (pó branco);
315 reais em espécie trocado;
Sacos plásticos para embalar droga e papel alumínio.
Antônia Adriana da Silva Santos, 47anos, conhecida como "Toinha da Barraca", foi presa em flagrante, ela é apontada como chefe de um dos principais pontos de venda de drogas da cidade, e a muito tempo estava na linha de investigação da polícia.
A traficante, foi conduzida para a delegacia regional plantonista de Canindé para os procedimentos cabíveis, ficando recolhida naquela unidade.

Fonte: BP Raio Boa Viagem

sábado, 16 de março de 2019

Mais de dois milhões de enfermeiros podem ser prejudicados com a reforma da Previdência

O contexto da reforma da Previdência foi o principal assunto discutido no encontro do Sindicato dos Enfermeiros do Ceará (Senece) com a Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE) e com sindicatos de outros estados, que aconteceu nos últimos dias 13 e 14, em Brasília. Durante a reunião, a presidente Telma Cordeiro e a diretora Geusa Lélis também apresentaram as demandas dos enfermeiros do Estado.
A principal pauta dos sindicatos dos enfermeiros é a rejeição da Emenda da reforma da Previdência proposta atualmente pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL), que vai afetar, diretamente, mais de 2 milhões de profissionais de enfermagem no País.
Eles avaliam que o direito de se aposentar ao completar 25 anos de contribuição previdenciária, por exemplo, em área insalubre, independente da idade, pelo teto de contribuição deixa de existir.
Os sindicatos informam que a nova proposta da reforma da Previdência não contempla a categoria com a aposentadoria especial, além de não reconhecer o projeto de lei (PL) n° 349/2016 que já tramitava há anos no Senado Federal e que trata da aposentadoria especial para trabalhadores de enfermagem.
As justificativas para a rejeição da reforma pelos sindicatos dos enfermeiros são que eles consideram as perdas salarias e o tempo a mais de serviço obrigatório, encarados por sindicalistas, como uma atitude desumana.
Além da maioria dos profissionais dessa área serem mulheres, existe a condição de trabalho em áreas insalubres com excessivas jornadas de expediente, desgaste físico, psíquico e emocional, assédio moral e sexual no serviço, a violência laboral, as agressões por parte de usuários, pacientes e/ou familiares e outras situações precisam ser consideradas.
Em Brasília, a deputada federal Alice Portugal (PCdoB/PA) e os deputados federais Arlindo Chinaglia (PT/SP) e Orlando Silva (PCdoB/SP) se comprometeram no apoio em levar à Câmara dos Deputados, em um único pleito, a reivindicação proposta dos sindicatos dos enfermeiros como a aposentadoria especial da enfermagem, do piso salarial nacional e das 30 horas semanais.
Telma Cordeiro, presidente da Senece, informou que as entidades de classe da enfermagem precisam se articular e movimentar a base de apoio de cada estado. “A conjuntura nacional não favorece a luta sindical no âmbito estadual. A retirada brusca de direitos e a interferência governamental no enfraquecimento dos movimentos dos trabalhadores precisam ser combatidos. É preciso um único movimento pela enfermagem brasileira”, conta.
No término da reunião, os estados presentes, por meio de seus sindicatos e a própria FNE, firmaram acordo na elaboração de uma agenda que mobilize toda a categoria, na esfera nacional, pela defesa da enfermagem e contra a reforma da Previdência.

Acusado de matar advogada dentro de escritório em Fortaleza é preso no Amazonas

Crime aconteceu quando a advogada Danielle Ximenes atendia um cliente em seu escritório no bairro Cidade dos Funcionários, em junho de 2012

Delegados que investigaram o caso, em entrevista em 2012. (FOTO: LUSIANA FREIRE, EM 02/11/2012)
Delegados que investigaram o caso, em entrevista em 2012. (FOTO: LUSIANA FREIRE, EM 02/11/2012)
O homem acusado de ter assassinado a advogada Danielle Ximenes foi preso nesta sexta-feira, 15, no Amazonas. Carlos Cley Rebouças Rocha estava foragido desde 2012, quando teria matado Danielle, no bairro Cidade dos Funcionários. A vítima estava em seu escritório no momento do crime atendendo um cliente quando foi surpreendida com disparos de arma de fogo.
A informação sobre a detenção de Carlos Cley foi compartilhada pelo presidente da seção amazonense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM), Marco Aurélio Choy, com o presidente da OAB-CE, Erinaldo Dantas. Marco Aurélio está acompanhando o caso de perto, em Manaus. Ao O POVO Online, Erinaldo declarou que o acusado deverá ser transferido para Fortaleza, onde vai responder a processo criminal. Porém, disse ainda não saber quando isso deve ocorrer.
O assassínio aconteceu pela manhã do dia 22 de junho de 2012. No exercício de sua profissão, a advogada estava em atendimento quando foi surpreendida pelo homem, que efetuou três disparos: na mão, no peito e no ombro de Danielle. Mesmo ferida, a vítima chegou a anotar o nome de Carlos em um papel antes de falecer.
Investigações apontaram a escrivã da Polícia Civil Regina Lúcia de Amorim Gomes como a mandante do crime. Segundo os investigadores, o homicídio encomendado teria sido motivado por disputa judicial movida por Danielle – que era advogada de Lúcia desde 2008.
Apontado como o autor dos disparos, o amazonense Carlos Cley foi preso nesta manhã, após quase sete anos passados da morte da vítima.
“Lamento pelo o que aconteceu e lamento mais ainda por todo esse tempo levado para prender o criminoso, pois aconteceu há quase sete anos. Mas agora pelo menos conseguimos chegar até ele”, afirmou Erinaldo Dantas, que disse conhecer Danielle, a qual havia sido sua aluna.
O presidente da OAB-CE classificou ainda o caso como “bárbaro”, principalmente porque a advogada estava no exercício da profissão no momento em que foi atacada. “Agora é fazer justiça e torcer para que mais episódios como esse não aconteçam”, enfatizou.
Em nota, a Polícia Civil do Estado do Amazonas informou que agiu de forma conjunta com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa do Ceará (DHPP-CE). De acordo com o órgão, policiais civis do 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP) cumpriram mandado de prisão preventiva de Carlos.
Por volta das 8 horas desta sexta-feira, ele foi encontrado em uma loja de refrigeração, localizada no bairro Cidade de Deus, na zona norte de Manaus.
Com Carlos foram encontradas uma pistola 380, seis munições intactas, R$ 8 mil em espécie, quantidade expressiva de moedas estrangeiras e um colete balístico
Com Carlos foram encontradas uma pistola 380, seis munições intactas, R$ 8 mil em espécie, quantidade expressiva de moedas estrangeiras e um colete balístico (Foto: Alailson Santos/ AI-PCAM / Divulgação)

Segundo relato do delegado adjunto do 8º DIP, Fabiano Pignata, Carlos apresentou a identidade do irmão dele, no momento da abordagem policial. A loja em que estava é pertencente do acusado. No local foram encontradas ainda uma pistola 380, seis munições intactas, R$ 8 mil em espécie, quantidade expressiva de moedas estrangeiras e um colete balístico.
Além da acusação do assassinato de Danielle, Carlos foi autuado em flagrante pelo uso de documento falso e porte ilegal de arma de fogo. Em razão dos flagrantes, ele passará por audiência de custódia na capital do Amazonas. Em seguida, será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) e posteriormente recambiado para Fortaleza.
WANDERSON TRINDADE

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

FT Limpando Cidade de Canindé.

Na madrugada desta quinta-feira (22), ocorreu um furto no Mercado Público de Canindé (mercado novo), no qual foram arrombados alguns boxes e subtraídos produtos dos comerciantes.
Após tomar conhecimento do fato, a equipe da Força Tática da 1°Cia/4°BPM (Canindé) realizou diligências por toda a cidade e conseguiu efetuar a prisão de Francisco Rodrigues da Silva e Francisco Wellington Silva Morais, bem como recuperar os bens furtados.
Faça sua parte, denuncie!
Whatsapp da Força Tática: (85) 981099077

Postagem em destaque

Barragem do açude Granjeiro é embargada pela Agência Nacional das Águas

A Agência Nacional das Águas (ANA) embargou provisoriamente a barragem do açude Granjeiro, localizada no município de Ubajara, na Região ...