sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Ministério Público recomenda que prefeita realize o pagamento de servidores pontualmente



O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 2ª Promotoria de Justiça de Canindé, baixou uma Portaria de instauração de procedimento administrativo, com intuito de apurar os constantes atrasos de salários dos servidores públicos da Prefeitura de Canindé.

De acordo com a Portaria n° 22/2017, houve bastante reclamação de atrasos salariais dos servidores do município.

O Promotor de Justiça Klecyus Weyne de Oliveira Costa levou em consideração que o atraso vem se tornando prática recorrente da administração, impactando inclusive na economia local. Considerou ainda que é de extrema gravidade, lamentável e indigna, pois leva os servidores à inadimplência, sujeito a cortes nos fornecimentos de serviços básicos. Por fim, o Ministério Público recomendou à prefeita Rozário Ximenes que realize o pagamento dos servidores públicos de forma pontual, bem como confeccione no prazo de 30 dias um calendário de pagamento dos servidores para os próximos seis meses.
Fonte: Portal Canindé

Funcionários de ONG em Caucaia morrem após inalarem gás tóxico

aquasisTrês funcionários da Organização Não Governamental (ONG) Aquasis, que funciona nas dependências do Sesc de Iparana, em Caucaia, morreram na tarde desta quinta-feira (19) durante o serviço. Segundo informações preliminares, os profissionais faziam a manutenção da casa de filtros do órgão quando inalaram um gás orgânico tóxico.
As vítimas foram identificadas como Raimundo Martins da Silva Neto, de 33 anos, Guilherme da Silva Martins, 24 anos e Marcelo da Silva Andrade. Um deles teria desmaiado e outros dois tentaram prestar socorro ao colega de trabalho, mas também acabaram mortos.
“Neste momento, estamos dando toda a atenção e suporte às famílias das vítimas, bem como adotando todas as providências legais e necessárias para minimizar a dor desse momento de perda, assim como as autoridades competentes”, informou a ONG, em nota.
Também em publicação enviada à imprensa, o Sesc, que cedeu espaço para a ONG, disse que “lamenta e ao mesmo tempo deixa claro, que não tem nenhuma participação no acontecimento”.
A Aquasis atua na área ambiental, especialmente na proteção de animais em extinção. 

Assalto é interrompido após ação do BPRaio no bairro Benfica; veja vídeo

Assalto
 Um assalto foi interrompido na última segunda-feira (16) no bairro Benfica logo após uma abordagem realizada pelo Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a ação ocorreu em frente a um hospital, quando os policiais avistaram a movimentação suspeita de dois homens.

Carlos Darlan Barros da Silva e Abraão da Silva abordaram um homem que estava parado próximo da Avenida Carapinima, com sentido ao centro da cidade, e anunciaram o assalto. A vítima já havia entregue o celular e os infratores já se preparavam para a fuga em uma motocicleta quando os policiais se aproximaram para encerrar a ocorrência. 
De acordo com a Polícia Militar, para conter os assaltantes foram realizados disparos. Um deles, Abraão da Silva foi lesionado, mas socorrido pelo BPRaio e encaminhado em uma viatura para o Hospital Instituto Doutor Frota (IJF).Tanto ele como Carlos Darlan foram autuados por tentativa de roubo no 11º Distrito Policial (DP)
Veja a ação no vídeo abaixo:

Tasso deve deixar comando caso Aécio não renuncie


Presidente interino da sigla, Tasso Jereissati afirmou que chegou "ao limite" na queda de braço interna ( Foto: Ag. Senado )


São Paulo/Brasília. O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), disse a aliados que vai deixar o comando do partido caso Aécio Neves (PSDB-MG) não renuncie definitivamente ao posto na semana que vem. Em conversas reservadas, Tasso afirmou que chegou "ao limite" na queda de braço interna e que não pretende continuar brigando pelo poder com o colega mineiro, licenciado da presidência do PSDB desde maio. O movimento do cearense foi interpretado como um ultimato.
Tasso fez cobranças públicas para que Aécio deixe definitivamente a cúpula tucana, mas o mineiro ainda resiste. A ameaça de Tasso de deixar a presidência interina do PSDB é, segundo seus aliados, uma pressão adicional sobre o grupo de Aécio.
Pedido de prazo
O mineiro pediu até a próxima terça-feira (24) para apresentar uma solução para a bancada. Predomina entre os tucanos o sentimento de que a permanência de Aécio como presidente do partido prejudica a imagem do PSDB para as eleições de 2018.
Eles esperavam que o mineiro deixasse o posto de comando após recuperar o mandato na terça. Senadores do partido se reuniram para discutir o assunto. O encontro da quarta foi marcado por tensão. Aécio fez um apelo "emotivo" e disse se sentir "expulso" da sigla com a pressão.
Porém, o prefeito de São Paulo, João Doria, defendeu a permanência do político mineiro na presidência nacional do partido até as convenções de dezembro.
Apoiado por Aécio, o governador de Goiás, Marconi Perillo, disse, ontem, ser candidato à presidência do PSDB, em dezembro.Tasso, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o governador paulista Geraldo Alckmin conversaram, ontem, por quase três horas, mas não concederam entrevista à imprensa.
Ligações para ministro
Nesse contexto, um relatório da Polícia Federal tornado público, ontem, colocou ainda mais tensão política. Segundo a PF, o ministro Gilmar Mendes, do STF, conversou com Aécio no dia 25 de abril deste ano, quando deu decisão favorável ao tucano para que ele não precisasse prestar depoimento em inquérito da Lava-Jato. No total, há o registro de 46 ligações via WhatsApp. Em notas, ambos disseram ter tratado da Reforma Política.

Cabo Sabino quer Vara da Justiça exclusiva para julgar casos de violência contra policiais

“No prazo máximo de 15 a 20 anos, poderemos ter o presidente da República eleito pelo crime organizado no Brasil”. A declaração é do deputado federal cearense, Cabo Sabino (PR), durante entrevista a uma emissora de rádio local, ao falar sobre o avanço das organizações criminosas nas instituições do País. Segundo o parlamentar do Partido da República (PR), a falta de uma política nacional de Segurança Pública tem facilitado a infiltração de criminosos em todos os Poderes.

“O País não tem uma política de Segurança Pública e, por conta disso, não sabe como controlar o crime organizado”. Em seguida, ele faz críticas à insegurança e fragilidade do Sistema Penitenciário. “Os presídios, que serviriam para cercear, distanciar e aprisionar os chefes das quadrilhas, hoje são o escritório do crime, porque é de lá que eles estão comandando as ruas”.

Infiltração

Em seguida, o deputado revela como a delinquência organizada tem corroído as instituições brasileiras. “O crime organizado está bem além daquilo que podemos imaginar. Ele está infiltrado dentro de todas as forças policiais, do agente de trânsito à Polícia Federal. Até nas Forças Armadas. Os criminosos estão no Poder Judiciário, estão dentro do Ministério Público e dentro da política, elegendo políticos”. 

Ouça a declaração do deputado Cabo Sabino:

(Jornalista Fernando Ribeiro)

Cadeia Pública de Quixadá recebe núcleo de monitoramento eletrônico regional

A Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) expande o serviço de monitoramento eletrônico para o interior do Estado. Nesta sexta-feira (20), a Cadeia Pública de Quixadá recebe o núcleo de monitoramento do Sertão Central e Sertão de Canindé. No mesmo dia, a 1ª Vara da Comarca de Quixadá realiza a primeira audiência para conceder o benefício do tornozelamento a um apenado do regime semiaberto. A secretária da Justiça e Cidadania, Socorro França, participa da audiência que ocorre, às 10h, no Fórum de Quixadá.
O núcleo contará com a estrutura para realizar ativações, desativações e manutenções do equipamento. O monitoramento será realizado pela Central de Monitoramento, que já efetua o serviço para os tornozelados da Região Metropolitana de Fortaleza. A cada violação identificada, a Polícia será acionada.
A coordenadora da Célula de Monitoramento Eletrônico da Sejus, Ilma Uchoa, explica que na sexta-feira haverá uma apresentação sobre o funcionamento do equipamento a juízes, promotores e defensores da região. “Entendemos que é uma novidade para o interior do Estado e queremos deixá-los seguros da eficiência do equipamento”, destaca.
Ela ressalta que agentes penitenciários e técnicos foram devidamente treinados para manipular os equipamentos e tranquilizar os apenados sobre o uso dos aparelhos. “Estamos firmando uma parceria com a Prefeitura de Quixadá para em breve termos um assistente social trabalhando no Núcleo. Isso será fundamental para trabalhar a aceitação da tornozeleira entre apenados e familiares”, observa.
Para a secretária da Justiça e Cidadania, Socorro França, a expansão do tornozelamento eletrônico é fundamental para o trabalho de redução da população carcerária nas cadeias públicas. Citando como exemplo Quixadá, ela observa que há 167 pessoas que podem receber o benefício. “Essas pessoas estão no regime semiaberto e precisam voltar à unidade prisional aos fins de semana. Com a tornozeleira, você acaba com esse fluxo. É mais seguro para a unidade e mais humano com o apenado”, observa.
A secretária destaca que a ideia é ampliar o uso das tornozeleiras em todo o interior. No próximo mês, o município de Sobral e a região próxima devem ganhar o serviço. Em seguida, a região do Cariri terá o serviço reativado.
A Sejus dispõe hoje de três mil tornozeleiras disponíveis para o Judiciário cearense. Cada tornozeleira utilizada tem o custo de R$ 210,75 por mês. 

Polícia Civil de Quixadá faz a maior apreensão de munição no ano de 2017 do Ceará



A Polícia Civil de Quixadá fechou nesta quinta-feira, 19, dois depósitos que estavam armazenando munição de forma clandestina. Uma grande quantidade de munição e outros produtos sem licenciamento para a comercialização foi retirada do mercado. O proprietário era um comerciante.
Conforme a Polícia Civil, os depósitos eram em locais diferentes, um dentro de uma galeria comercial, situado na Rua Rui Maia, vizinho a agência da Caixa Econômica Federal. O outro era em uma casa de familiares do acusado, no bairro Alto São Francisco.
Segundo a Polícia Civil, o responsável pelo material é um empresário conhecido como “Nego do Alho”, o qual encontra-se preso em flagrante na Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá.
Para se ter ideia da grande quantidade, desde a manhã desta quinta-feira equipes da Polícia Civil recolhem dezenas de caixas com munição de vários calibres. Cálculos iniciais dão conta de que esta é a maior apreensão de munição de 2017,  no estado do Ceará.
A polícia ainda vai investigar para quem “Nego do Alho” fornecia tanta munição. Mais detalhes devem ser repassados pela Polícia Civil do Ceará.

Postagem em destaque

Ministério Público recomenda que prefeita realize o pagamento de servidores pontualmente

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 2ª Promotoria de Justiça de Canindé, baixou uma Portaria de instauração de pr...