segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Luciano tem alta e deixa hospital em Curitiba

Cantor sertanejo havia sido internado após passar mal no final da semana.
Ele não quis dar entrevista, mas sinalizou que está bem.o G1 PR

O cantor Luciano, que faz dupla sertaneja com seu irmão Zezé di Camargo, recebeu alta do hospital em que estava internado em Curitiba no final da manhã deste domingo (30).
Ele deixou o hospital Santa Cruz de mãos dadas com a esposa, Flávia Fonseca, e partiu em uma van para o Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. De lá, ele vai seguir em um avião particular para São Paulo. Seu pai e sua mãe foram com ele. Luciano não quis falar com a imprensa, mas sinalizou que está bem.
Um boletim médico divulgado minutos após a saída do cantor informava que ele passava bem e que o nível de potássio no sangue já estava normalizado.
O cantor Luciano deixa o hospital em que estava internado em Curitiba (Foto: Adriana Justi/G1)O cantor Luciano deixa o hospital em que estava internado em Curitiba (Foto: Adriana Justi/G1)
A saída dele do hospital se deu um dia depois de seus pais e o próprio Zezé falarem sobre o desentendimento da dupla.
Luciano deu entrada no pronto-socorro na manhã de sexta-feira (28) depois de sentir desconforto e não dormir bem durante a noite. Segundo o médico Dr. Hipólito Carraro Junior, o nível de potássio no sangue do cantor estava abaixo do normal, quando ele chegou ao hospital. Ele tomava medicamentos para diminuir inchaços nas pernas e braços, o que pode ter alterado o índice de potássio no sangue. Ele foi estava na Unidade de Terapia Intensiva desde a manhã de sexta-feira (28). Na noite de sábado (29), após a divulgação de um boletim médico, foi transferido para o quarto.
Luciano sinaliza que está bem ao ser questionado por jornalistas na saída do hospital em que estava internado em Curitiba (Foto: Adriana Justi/G1)Luciano sinaliza que está bem ao ser questionado por jornalistas na saída do hospital em que estava internado em Curitiba (Foto: Adriana Justi/G1)
Desentendimento
A internação do cantor aconteceu um dia depois de Luciano anunciar o fim da dupla com o irmão, Zezé di Camargo, durante um show do Teatro Guaíra, na capital paranaense. Na quinta-feira (27), a dupla teria se desentendido nos bastidores, antes da apresentação, e Zezé subiu ao palco sozinho.
Algum tempo depois, Luciano chegou para o show e, antes de cantar, anunciou o término da dupla. Depois do evento, a assessoria dos cantores negou na internet o fim da parceria. No microblog Twitter, a assessoria postou que tudo não passou de um briga de irmãos.
Zezé cantou sozinho
No show de sexta (28), realizado no mesmo teatro, Zezé se emocionou e disse que sentiu muita falta do irmão. "Isso que aconteceu foi um acidente de percurso", disse o cantor no início da apresentação, que começou com a música "A ferro e fogo".
"A gente ainda vai voltar para cantar aqui juntos, nem que a gente tenha que ser um quarteto: nós dois, eu e o Luciano, e mais duas enfermeiras nos segurando", disse o cantor.
"Eu acho que a declaração do Luciano naquele momento não deve ser levada em conta. Não tô querendo justificar, mesmo porque eu não conversei com ele ainda sobre este assunto. Só queria dizer a vocês que da minha parte Zezé di Camargo e Luciano vão cantar juntos pelo resto da vida enquanto tivermos voz", acrescentou.

Mais dois jovens perderam a vida em Canindé

Jovens perdem a vida em acidente de trânsito na Avenida Luciano Magalhães

Moto envolvida no acidente
Local do impacto da moto com o muro de uma residência
Por volta de 01h00 da madrugada deste domingo, 30/10, dois jovens morreram em um acidente de trânsito numa curva da Avenida Luciano Magalhães, no bairro Santa Luzia, em Canindé, quando trafegavam com uma motocicleta POP 100, de cor branca, de placa HYM 7674, inscrição de Canindé/CE, pertencente a Antonio Raimundo Silva Sousa, de 18 anos, que conduzia o veículo; o garupeiro foi identificado como sendo Francisco Glauberto Pereira Soares, de 26 anos, ambos residentes no bairro Cachoeira da Pasta.
De acordo com informações de testemunhas, o condutor do veículo perdeu o controle da moto, bateu na parede de uma residência, ficando os ocupantes do veículo gravemente feridos, que foram socorridos pelo GSU ao Hospital Regional São Francisco, mas não resistiram aos ferimentos, vindo a óbito.
Segundo informações dos familiares das vítimas, Antonio e Francisco estavam bebendo deste a tarde de sábado, 29/10.
Os moradores próximos ao local do acidente reclamam da falta de proteção e sinalização, pois o local é uma curva fechada com barreira, onde muitos acidentes já ocorreram.
Fonte: Canindé Notícias

domingo, 30 de outubro de 2011

Tasso considera que Dilma tomou as "atitudes corretas"

O ex-senador Tasso Jereissati (PSDB) avaliou a postura da presidente Dilma Rousseff (PT) diante de escândalos deflagrados em cinco ministérios. Porém, segundo ele, está faltando celeridade nas ações da dirigente petista


Tasso Jereissati, quando deixava ontem o Centro de Convenções, após dar a palestra, ao volante do seu próprio carro  (FOTO: EDIMAR SOARES) 

Tasso Jereissati, quando deixava ontem o Centro de Convenções, após dar a palestra, ao volante do seu próprio carro (FOTO: EDIMAR SOARES)
O ex-senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou que a presidente Dilma Rousseff (PT) tem tomado “atitudes certas” ao combater os constantes escândalos e denúncias de corrupção em seus ministérios. Contudo, o ex-parlamentar criticou o tempo que a chefe do Executivo costuma levar para tomar decisões referentes às manutenções nas pastas.

“Estamos vivendo um período difícil porque a corrupção está generalizada e institucionalizada. Eu acho que a presidente tem tomado as atitudes certas. Porém muito demoradas. Depois que há uma pressão muito grande”, avaliou o ex-senador ontem à tarde, antes de ministrar uma palestra, no Centro de Convenções, durante a 41ª Convenção Nacional da Unimed.

As declarações de Tasso ocorrem no momento em que a presidente enfrenta mais uma crise ministerial, com a saída do agora ex-ministro do Esporte, Orlando Silva (PCdoB). Ele está sendo substituído pelo deputado federal e correligionário, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), após 12 dias de acusações. “Espero que ela (Dilma) seja mais preventiva ao invés de reativa”, concluiu o ex-senador.
 PSD atucanado

Momentos antes de iniciar sua palestra, Tasso não se furtou a emitir uma opinião, avaliando a crise no âmbito do Governo Federal. Entretanto, questionado sobre a debandada tucana rumo ao recém-criado PSD, Tasso se negou a falar, alegando estar “fora da questão local”.

Conforme O POVO publicou na última quinta-feira, a nova agremiação arrastou do ninho tucano cearense: um de seus dois deputados deputados federais, sete de seus 10 deputados estaduais, além de 26 prefeitos. Um desfalque bastante considerável.

Tanto que a executiva nacional do partido questiona na Justiça a postura dos parlamentares, numa tentativa de reaver os mandatos perdidos para nova a sigla, que tem como presidente o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD-SP).

Mais tarde, após a insistência do O POVO, já no estacionamento, Tasso respondeu aos questionamentos, afirmando que não guarda “mágoas” dos que optaram por debandar, o que não significa que concorde com tal atitude.

“Respeito o direito de decisão deles. Mas é preciso avaliar essa questão do ponto de vista partidário, que é o que o Marcos Cals (presidente do PSDB no Ceará) está fazendo e, eu acho, está fazendo muito bem”, opinou o tucano.

 Bastidores

Durante o evento, o ex-senador e empresário Tasso Jereissati (PSDB) ministrou uma palestra sobre a Transparência empresarial como fator de investimento, seguida de uma mesa-redonda. “No sistema capitalista, não buscar crescimento significa a morte”, disse Tasso.
 Cerca de 2 mil pessoas, segundo os organizadores do evento, acompanharam a palestra do ex-senador. Porém, foi só o empresário dar como encerrada sua fala para os menos engajados na causa abandonarem o recinto.
 Tasso conversou com a reportagem no estacionamento, enquanto o motorista manobrava seu carro, o qual saiu dirigindo.


Thiago Paiva
thiagopaiva@opovo.com.br

Garota desaparecida no CE marcou encontro na web e foi localizada no RN


Adolescente de 14 anos foi encontrada em Natal na noite de sexta-feira (28).

Estudante foi deixada na escola em Fortaleza e depois desapareceu.

A adolescente de 14 anos, de Fortaleza, desaparecida desde segunda-feira (24) foi encontrada na noite desta sexta-feira (28) em companhia de uma amiga de 20 anos, no Rio Grande do Norte, com quem havia marcado um encontro pela internet, segundo o titular da delegacia da criança e do adolescente de Natal, Correia Júnior. A garota foi encontrada por policiais civis na noite de sexta-feira (28) em uma farmácia na Avenida Prudente de Morais com a amiga. “Ela já havia ligado para o pai e pedido para vim buscá-la quando foi identificada pela polícia”, afirma Correia Júnior.
“A amiga a convenceu de não ir para Brasília para não correr risco de ficar sem dinheiro e ela veio para Natal”, diz o delegado. A adolescente estava hospedada na casa da amiga. O depoimento da adolescente revelou ainda que ao comprar passagem solicitaram a documentação dela na bilheteria, mas ela estava sem documentos e conseguiu comprar “por insistência”.Ainda de acordo com o delegado, a adolescente disse em depoimento que encontrou com a amiga que mora em Natal na manhã de sexta-feira em uma rodoviária de Fortaleza e a ideia inicial da menina era viajar para Brasília, onde mora outra colega.

Amiga negou que estava com adolescente
O delegado informou que a jovem de 20 anos envolvida no caso foi ouvida durante a semana pela delegacia da criança e do adolescente e negou que estava com a amiga de Fortaleza em casa, onde mora sozinha. “Essa amiga dela deve ser ouvida novamente na próxima semana para apurarmos mais detalhes do caso”, afirma Correia. Segundo a família da adolescente, o pai deve chegar com a filha em Fortaleza ainda neste sábado.
De acordo com o pai da adolescente, João Batista Víctor, ela foi vista pela última vez na Colégio Militar de Fortaleza, onde estuda, antes do início da aula na segunda-feira (24). “Ela saiu de casa por volta de 5h50, na van do transporte escolar. Chegou na escola umas 6h15 e ficou no pátio. Mas quando foi dado sinal para os estudantes entrarem na sala, ela saiu e não foi mais vista”, conta o pai.
Elias BrunoDo G1 CE/CNL

sábado, 29 de outubro de 2011

Sem Luciano, Zezé di Camargo chora durante show em Curitiba

'Isso que aconteceu foi um acidente de percurso', afirmou o artista.

Irmão do cantor está internado e, na quinta (27), disse que deixaria a dupla.

Vinícius Sgarbe Do G1 PR
O cantor Zezé di Camargo, da dupla com Luciano, emocionou-se e chegou às lágrimas durante o show que fez nesta sexta-feira (28) em Curitiba. Ele se apresentou sem o irmão, que está internado após passar mal na manhã de sexta. Segundo boletim médico,  o cantor teve uma alteração no nível de potássio provocada pelo uso de diuréticos.
"Isso que aconteceu foi um acidente de percurso", disse Zezé no início da apresentação, que começou com a música "A ferro e fogo". "A gente ainda vai voltar para cantar aqui juntos, nem que a gente tenha que ser um quarteto: nós dois, eu e o Luciano, e mais duas enfermeiras nos segurando".
Na apresentação de quinta-feira (27), no mesmo teatro, Zezé fez uma parte do show desacompanhado. Quando entrou no palco, Luciano anunciou que deixaria a dupla -- o que foi negado pela assessoria de imprensa dos artistas.
"Eu desconsidero qualquer palavra que meu irmão tenha dito que tenha me magoado", disse Zezé no show dessa sexta. E depois, como que se dirigindo a Luciano: "Eu estou com você, você queira ou não queira".
Depois, o cantor chorou no momento em que cantava "O portão", de Roberto Carlos. Zezé voltou a conversar com o público diversas vezes e disse que Luciano tomava remédios para emagrecer.
Tia e sobrinha foram as primeiras a chegar. (Foto: Joka Madruga/G1 PR)Tia e sobrinha foram ao show (Joka Madruga/G1 PR)
Nos momentos finais da apresentação, uma criança subiu no palco e leu um texto que escreveu para a dupla. A mensagem dizia: "Zezé, o Luciano é sua estrela. Luciano, o Zezé é sua estrela". O show terminou com a canção "Saudade da minha terra".
Apoio dos fãs
Uma das primeiras a chegar para o show dessa sexta, a secretária Eliana dos Santos, de 48 anos, relembrava na fila o que tinha ouvido sobre a noite anterior. A fã ainda estava surpresa com os desabafos. “Nunca faltei a nenhum show deles aqui [no Guaíra]”, disse.
Por isso, por nunca faltar, estava na fila para ver o espetáculo de novo. Foi a primeira a chegar. “Ontem [quinta] o clima no palco estava pesado”. Junto estava a sobrinha, de 9 anos, fã de “Zezé di Camargo e Luciano e também de Luan Santana”, garantiu a menina.
A tia falou mais de uma vez sobre a possibilidade de separação da dupla: “Quando ouvi o Luciano dizendo que iriam acabar, senti como se uma família estivesse acabando. Nunca tinha visto os dois cantando em lados opostos. Fiquei muito triste. (...) Deu até vontade de chorar”.
Logo atrás, também na fila para o show, a aposentada Marcimara Pilato, de 63 anos, comemorava a primeira vez em que ouviria as canções de que gosta ao vivo. Ela e as duas filhas, Danielle, de 30 anos, e Daffele, de 25 anos, vieram de Araucária, cidade da Região Metropolitana de Curitiba.  “A gente conheceu as músicas por causa da mãe”, disseram as filhas.  “A dupla começou junta, e Luciano vai fazer falta [no show]", avaliou Danielle. "Mas, quando a segunda voz faltar, a gente segura”, disse.
Internação na manhã desta sexta
Luciano deu entrada no Hospital Santa Cruz, na capital paranaense, às 9h de sexta. Segundo o médico Hipólito Carraro Junior, por causa de uma alteração no nível de potássio, provocada pelo uso de diuréticos. Ele chegou ao hospital assustado e com o coração batendo rápido. Exames indicaram que o índice de potássio no sangue estava baixo. E, "isso pode causar uma parada cardíaca", explicou o médico.
"É pouco provável que ele tenha alta hoje", informou o médico em entrevista coletiva. O cantor sentiu um desconforto e não teria dormido bem durante a noite, por isso foi buscar atendimento pela manhã.
Veja a íntegra do boletim médico:
"O Luciano foi admitido neste Hospital as 09h00 AM de hoje, após desconforto decorrente de hipocalemia aguda. Essa redução do potássio no sangue foi decorrente do uso recente de diurético usado para controle de inchaço nos braços e pernas, que o Luciano já apresentava principalmente nesse período do ano, quando realiza mais shows. Alterações do potássio podem levar à parada cardíaca e assim optamos por manter o Luciano sob observação na UTI, enquanto corrigimos essa alteração. No momento ele está bem, dormindo após o susto."
Luciano chegou na recepção caminhando, com um boné na cabeça e chegou a tirar fotos com pessoas que estavam lá. Depois disso, entrou para ser atendido, informou a assessoria do hospital.

Delegada descarta sequestro da aluna

garota desaparecida

Clique para Ampliar
Delegada Ivana Timbó pediu o auxílio das polícias do Rio Grande do Norte e do Distrito Federal nas investigações
FOTO: VIVIANE PINHEIRO
Buscas se estendem fora do Ceará. A titular da Dececa já identificou duas ´amigas virtuais´ de Ana Cláudia Victor

A Polícia descartou a possibilidade de que a aluna do 8º Ano do Colégio Militar de Fortaleza, Ana Cláudia Victor, 14, tenha sido sequestrada. A informação é da titular da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), Ivana Timbó, responsável pelas investigações do caso.

A garota tinha uma ligação virtual com algumas meninas de Natal (RN). Duas delas foram identificadas - Pérola e Carla. A Polícia do Rio Grande do Norte, que está ajudando nas investigações, já entrou em contato com elas e, ambas afirmaram não ter tido contato com a estudante nos últimos dias.

Uma das amigas virtuais teria vindo a Fortaleza, há dois meses visitar Ana Cláudia, que a teria levado, inclusive, ao apartamento onde a estudante mora, no Bairro de Fátima. Quem a viu nesta oportunidade disse que a visitante aparenta ter cerca de 20 anos.

Ivana Timbó tem uma segunda linha de investigação, já que a família da garota apontou outro lugar onde ela possivelmente esteja. A delegada ressaltou a intensificação das diligências da Dececa no caso, dizendo que encontrar Ana Cláudia é, hoje, sua prioridade. "Vamos encontrá-la. A ocorrência é muito recorrente e todas (garotas que somem) são encontradas ou acabam voltando para casa por vontade própria".

As buscas, que já contam com a mobilização das polícias do Ceará e Rio Grande do Norte, agora irão se estender. Já foram feitos contatos para que a Polícia do Distrito Federal seja mobilizada na procura pela estudante cearense desaparecida.

As mães dos alunos do Colégio Militar de Fortaleza organizaram um movimento reivindicando segurança para seus filhos. O movimento quer que haja um monitoramento depois do primeiro portão, que dá acesso a um pátio, até o segundo portão de onde se chega ao interior da escola. Depois do contato feito na página do Facebook da menina, pouco antes de ser excluída, a família não teve mais nenhuma notícia dela.

Dois homens fuzilados na estrada em Aquiraz


duplo assassinato
Clique para Ampliar
Quando o dia amanheceu, populares se depararam com os dois corpos crivados de balas nas proximidades do cemitério da localidade da Lagoa Seca. Criminosos desapareceram
FOTO: JOSÉ LEOMAR
Polícia suspeita de ligação do crime com o tráfico de drogas. Em uma semana, foram quatro duplas execuções
Subiram para quatro os registros de duplos homicídios na Grande Fortaleza em apenas uma semana. Na manhã de ontem, mais duas pessoas foram assassinadas de uma só vez.

O fato ocorreu na localidade de Lagoa Seca, no Município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, quando os corpos de dois homens foram deixados nas margens de uma estrada estreita, de calçamento, que dá acesso ao cemitério daquela comunidade. Os cadáveres apresentavam marcas de tiros disparados com armas encostadas aos corpos das vítimas, caracterizando execuções sumárias.

Com a chegada de patrulhas da Polícia Militar ao local e a presença de familiares, foi possível a identificação dos mortos. Um deles era um adolescente, o jovem Antônio Roberto da Silva Castelo, 17, que trabalhava em um lava-jato na cidade de Itaitinga. A segunda vítima era Francisco Ednardo da Silva, 31. Ambos foram fuzilados por volta de 5 horas, segundo o supervisor do Policiamento da Capital e comandante do 5º BPM, tenente-coronel PM Francisco Souto.

Familiares de Francisco Ednardo contaram que ele foi visto vivo pela última vez na noite de quinta-feira, quando saiu de casa dizendo que ia beber com uns amigos em uma churrascaria no Centro de Itaitinga. Segundo a Polícia, ele já tinha antecedentes criminais por crimes de lesão corporal e ameaça, sendo indiciado na Lei Maria da Penha. Já o adolescente, que era conhecido pelo apelido de ´Berinho´, teria ligação com o tráfico de drogas na região.

Cinco
Com as duas execuções registradas ontem, chegaram a cinco os casos de duplo homicídio neste mês, na RMF, e a quatro em apenas uma semana.

O primeiro crime ocorreu no último dia 21 (sexta-feira), quando os adolescentes Francisco Mateus Rufino Rebouças e Eli Ribeiro Duarte, ambos de 17 anos, foram assassinados em um campo de futebol na Rua K, no bairro Vila Velha.

Três dias depois, na madrugada da última terça-feira, mais dois adolescentes foram executados. O crime ocorreu na Travessa José de Morais, conhecida como Beco da Cibresme, no bairro Jacarecanga. Os corpos dos garotos Paulo Ricardo Filomeno da Silva e Thiarles Roberto do Nascimento Silva, ambos de 16 anos, foram deixados ali com várias marcas de tiros.

Na noite de quarta-feira última, um casal foi fuzilado dentro de casa, na Rua Gerôncio Bezerra, no Planalto Ayrton Senna. As vítimas foram identificadas como sendo Cláudio William Viana da Silva, 22, e a companheira dele, Maria Auricélia Santos da Silva, 32. Os dois foram executados por membros de uma milícia que atua na segurança clandestina do bairro Pan-Americano.

Antes, no último dia 2, outro caso de duplo homicídio aconteceu no bairro Sapiranga Coité, onde foram assassinados Odair José Mendes e Marcelino Alberto Rocha. Os corpos foram encontrados com vários tiros.

FERNANDO RIBEIROEDITOR DE POLÍCIA

Postagem em destaque

Mulher e adolescente são flagrados com fuzil e drogas

Uma mulher identificada como Sinoelia Barbosa, de 37 anos de idade, e um adolescente de 17 anos de idade, foram flagrados com um fuzil e...