terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Mulher de detento fuzilada


CARIRI
A dona de casa Cícera Maria Francelino, 42, foi assassinada, na tarde de domingo último, na Rua Radialista Coelho Alves, no bairro Tiradentes, em Juazeiro do Norte (493Km de Fortaleza).

Cícera saiu de casa para visitar o marido, que está preso na Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC). Quando o horário de visitas terminou, ela seguiu a pé em direção ao bairro onde morava. No caminho, foi surpreendia por um homem em uma motocicleta, que efetuou três disparos e fugiu.

A Polícia descarta a possibilidade de latrocínio - roubo seguido de morte - já que o atirador não levou nenhum pertence da vítima. O acusado e a motivação do crime ainda não foram identificados, mas serão investigados.

Crato
O pedreiro Luciano dos Santos Silva, 26, foi morto por dois golpes de faca, na Travessa Aurora, no bairro Seminário. O acusado, segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), seria José Roberto Alves Dutra, que fugiu em uma motocicleta.

'Ele corre um risco de morte', diz médico sobre Wando



Apesar da gravidade, médico diz estar 'confiante' na recuperação do cantor.
O músico está internado desde sexta por problemas cardíacos.

Pedro TriginelliDo G1 MG
Wando durante show (Foto: Renato Luiz Ferreira/AE)Wando durante show (Foto: Renato Luiz Ferreira/AE)
O médico Eduardo Szuster, do Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Biocor, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, disse que o quadro de saúde do cantor Wando é "muito grave". "Ele corre um risco de morte importante", falou o médico em entrevista coletiva nesta segunda-feira (30). O músico foi internado na sexta-feira (27), está sedado e respira com ajuda de aparelhos. Segundo médico, não há previsão para retirada da sedação e da respiração artificial.
De acordo com um boletim médico divulgado na tarde desta segunda-feira (30), Wando deu entrada no hospital com quadro de angina de peito, e foi submetido a um cateterismo cardíaco na sexta. Na manhã de sábado, o cantor apresentou uma piora e foi submetido a uma angioplastia coronariana de múltiplas artérias, e internado no CTI na sequência.
"De sábado pra cá, ele teve melhoras pequenas. O estado dele é muito grave, mas estável. Estamos confiantes na plena recuperação dele”, comentou Szuster. O médico ainda contou que, há algumas semanas, o cantor reclamou de dor no peito para seu clínico particular, dr. João Carlos Dionísio. A rapidez nos exames e a agilidade no encaminhamento de Wando para o hospital  permitiram que o problema cardíaco apresentado pelo cantor não evoluísse para um infarto, segundo o médico. Ainda de acordo com Szuster, esta agilidade pode ter salvo a vida do músico.
Szuster disse que o histórico familiar de Wando - o irmão e o pai morreram por problemas cardíacos - é um agravante para seu estado.
Maria das Graças Reis, irmã de Wando, se emociona no hospital (Foto: Pedro Triginelli/G1)Maria das Graças Reis, irmã de Wando, se emociona
no hospital (Foto: Pedro Triginelli/G1)
'Estamos confiantes'
A irmã do cantor Wando, Maria das Graças Reis, disse nesta segunda-feira (30) que ela e a família estão com esperanças a respeito da recuperação do músico. “Estamos confiantes, ele é uma pessoa forte”, disse.
De acordo com a irmã do cantor, outros membros da família já tiveram problemas cardíacos. "Meu pai, um tio e eu já tivemos problemas no coração. Tenho uma boa relação com ele. Prefiro que eu morra no lugar do meu irmão", disse emocionada. Maria das Graças disse que um irmão dos dois e o pai morreram devido a problemas cardíacos. Eles ainda têm outros dois irmãos por parte de pai.
A irmã contou ainda que falou com Wando na segunda-feira passada e ele estava bem. "Ele não fumava. Ele se cuida, tem boa alimentação", completou.
Shows adiados
Dois shows do cantor Wando foram adiados no Rio Janeiro, até a recuperação do artista, internado em Minas Geraiscom complicações cardíacas. Segundo informações do escritório do cantor, as apresentações, que seriam nos dias 4 e 10 de fevereiro em Saquarema e São Gonçalo, foram remarcados para o mês de março.
Segundo o escritório de Wando no Rio de Janeiro, o cantor não tinha conhecimento de problemas no coração e a internação surpreendeu a todos. Ele está acompanhado da família em Nova Lima.
Músicas românticas
Nascido Vanderley Alves do Reis, em Cajuri, na Zona da Mata de Minas Gerais, Wando passou a infância em Juiz de Fora. Depois, foi para a cidade de Volta Redonda (RJ), onde vendeu leite, entregou jornal, foi feirante, motorista de caminhão e já se envolvia com a música, segundo o site oficial do cantor. Ele começou a fazer shows em bailes, com um grupo, e descobriu que as músicas românticas eram mais apreciadas pelas mulheres.

Em 1973, Wando gravou seu primeiro álbum, "Glória a Deus no céu, e samba da terra". O sucesso "Moça" veio em 1975, quando o cantor vendeu 1,2 milhão de discos compactos simples do álbum "Wando". Ao todo, são 28 álbuns na carreira do artista que ficou conhecido por ganhar calcinhas das fãs. O trabalho mais recente foi lançado em 2005, "Wando - Romântico brasileiro, sem-vergonha".
Wando mora no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, cidade-natal de sua mulher, Renata Costa Lana e Souza.
Leia abaixo o boletim médico na íntegra.
"Belo Horizonte, 30 de janeiro de 2012.
Boletim médico - Biocor Instituto - Vanderley Alves dos Reis (Wando)
Recomendado pelo seu clínico particular, dr. João Carlos Dionisio, o paciente Vanderley Alves dos Reis, Wando, foi encaminhado para a realização de cateterismo cardíaco no Biocor, devido ao quadro de angina* de peito e alteração de exames propedêuticos.
O cateterismo foi realizado na manhã desta sexta-feira, sem intercorrências. O paciente permaneceu internado no hospital para definição terapêutica.
Devido à gravidade e extensão das obstruções coronarianas encontradas, após discussão em equipe, optou-se pela permanência hospitalar para cirurgia de revascularização do miocárdio.
Contudo, na madrugada de sábado, o paciente apresentou quadro de angina refratária ao tratamento clínico. Sendo assim, foi prontamente submetido, em caráter de urgência, a angioplastia coronariana de múltiplas artérias, pela mesma equipe.
O paciente foi encaminhado para o CTI, sedado, respirando por aparelhos, com suporte medicamentoso e suporte de assistência circulatória.
Encontra-se em estado grave, mas com ligeira melhora do quadro clínico. Sem previsão de alta e tendo à mão todos os recursos para o tratamento.
* angina - dores no peito, casada por falta de sangue no músculo cardíaco.
Este boletim foi construído pelos dr. João Carlos Dionísio, clínico particular do paciente, e dr. Eduardo Szuster, equipe do CTI, com autorização da esposa do paciente, sra. Renata Lana Costa e Souza".

Vereador Robson Saraiva renuncia à Presidência da Câmara e Heitor Pessoa é escolhido como sucessor



Na tarde desta segunda-feira, 30/01/2012, a Câmara Municipal de Vereadores de Canindé realizou sessão extraordinária sob forte esquema de segurança, sessão em que o vereador Robson Saraiva renunciou ao cargo de presidente daquela casa, permanecendo apenas como vereador. Automaticamente, assumiu o cargo o vice-presidente, Francisco Alan, o "Panta", que recebeu solicitação do plenário para convocar, de imediato, uma nova eleição para o cargo de presidente. O vereador Panta alegou que teria um prazo de cinco dias para convocar a nova eleição e encerrou a primeira sessão, gerando um certo tumulto entre os legisladores presentes.
Diante deste impasse, Panta acabou deixando o plenário da Câmara.

Uma outra sessão foi iniciada pelo vereador Robson Saraiva, que renunciara ao cargo de presidente na sessão anterior, e passou o comando da sessão ao segundo secretário da Mesa Diretora, Alexandre Anastácio, que presidiu a eleição para o cargo do novo presidente da Câmara.
Mediante uma articulação política da base aliada do governo municipal, assumiu, então, a presidência da Câmara Municipal de Canindé, eleito com um total de sete votos, o vereador Heitor Pessoa, que em seu discurso de posse afirmou dar continuidade aos trabalhos do vereador Robson, sob a observância de que a paz pudesse reinar naquela casa.

O vereador Panta, afirmou que irá entrar na justiça, sob a alegação de que o plenário descumpriu o regime interno da Câmara. 
Já o vereador Robson Saraiva, ao deixar o cargo, não esclareceu objetivamente os motivos para sua renúncia, mas em entrevista à nossa reportagem, informou que estaria cumprindo um acordo político firmado com o Prefeito Cláudio Pessoa.

Heitor Pessoa, novo Presidente da Câmara de Vereadores de Canindé
Duas horas após a posse do novo presidente, uma terceira sessão foi realizada para aprovação da ata da sessão que elegeu Heitor Pessoa como novo Presidente da Câmara de Vereadores de Canindé.    

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Superior Tribunal de Justiça cassa liminar que dava posse a candidatos não aprovados em concurso da PM do Ceará


´
A liminar da Justiça do Ceará que dava posse a um grupo de candidatos não aprovados em concurso para a Polícia Militar do estado foi suspensa pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). O presidente da Corte, ministro Ari Pargendler, entendeu que a medida causa grave lesão à ordem e à segurança pública. 

A liminar, concedida aos candidatos por um desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), diz respeito ao concurso público para provimento de cargo de soldado da PM (Edital 1/2008). Excluído do certame, inicialmente o grupo ajuizou ação na 2ª Vara de Fazenda Pública de Fortaleza para garantir a continuidade nas demais fases. A ação foi extinta sem julgamento de mérito.

Os candidatos ingressaram, então, com ação cautelar recursal no TJCE e obtiveram a liminar que lhes assegurava o exercício da função de soldado da PM. O pedido de suspensão da liminar foi feito ao STJ pelo estado do Ceará, com o argumento de que a decisão seria ilegítima, porque estabelece a nomeação e posse de candidatos que não participaram sequer das demais etapas do concurso público – o que chamou de “burla” aos princípios da isonomia, moralidade e eficiência.

O estado afirma que, em vez de decidir, o desembargador deveria, se fosse o caso, ter determinado ao juiz de primeira instância que analisasse o processo como se encontrava. Disse que haveria, também, lesão à ordem pública, em razão da decisão mandar nomear candidatos não aprovados na primeira fase do concurso, e lesão à segurança pública, por colocar nas ruas soldados despreparados, sem treinamento, visto que não participaram de curso de formação.

O ministro Pargendler considerou que, a um só tempo, a decisão causa grave lesão à ordem pública, ao determinar a nomeação e posse de candidatos não aprovados em concurso, e à segurança pública, porque lhes assegura o exercício da função de soldado, sem que tenham recebido a devida instrução. 

Fonte: Site do STJ

Postagem em destaque

Mulher e adolescente são flagrados com fuzil e drogas

Uma mulher identificada como Sinoelia Barbosa, de 37 anos de idade, e um adolescente de 17 anos de idade, foram flagrados com um fuzil e...