sábado, 31 de março de 2012

Traficante preso com droga e joias


APARTAMENTO DE LUXO
Clique para Ampliar
Além de cocaína, a PF apreendeu no apartamento do acusado cerca de R$ 13,5 mil em espécie, muitos relógios, cordões de ouro e notebooks
FOTO: RODRIGO CARVALHO
Um apartamento de luxo, no bairro Cocó, servia de base para a quadrilha que detinha joias e carros de luxo
Após dois meses de investigações, agentes da Polícia federal (PF) prenderam um homem de 29 anos, acusado de ser um dos chefes de uma quadrilha de traficantes de drogas com intensa atividade na Capital cearense.

Na residência do acusado, uma apartamento de luxo localizado no bairro Água Fria, foram apreendidos 11 quilos de cocaína, 14 quilos de permanganato de potássio e cafeína, para ser misturado à droga; R$ 13,5 mil em cédulas graúdas, mais de 500 reais em moedas e notas de pequeno valor, balança de precisão, três televisores de LED, um home theater, cinco notebooks, 60 munições calibre 38 e ponto 40 e uma mira telescópica.

Muitas joias
Os agentes da PF ainda apreenderam ainda na casa do traficante 18 relógios de pulso, nove telefones celulares, joias, um carro de luxo, o Range Rover de placas OIB-0183 (CE); e dois populares, o Corsa Classic NQT-1123 (CE) e o Gol NUO-8912 (CE).

Segundo o titular da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), Eliomar Lima Júnior, parte da droga era procedente da Região Norte. "Outra parte, provavelmente, é do Sudeste e Sul", destacou o delegado.

As investigações mostraram que o grupo criminoso é comandado por seis pessoas, diretamente encarregadas pelo financiamento, distribuição e comércio. Os comparsas do acusado preso já foram identificados, entretanto permanecem foragidos e sendo procurados pelos agentes da Polícia Federal.

Os bens apreendidos pela PF ficarão agora à disposição da Justiça Federal e o acusado continua recolhido em uma cela da Superintendência do órgão.

Balanço
O grupo, segundo o delegado Eliomar Lima Júnior, é bastante organizado, tendo em vista que existe uma pessoa encarregada de financiar as ações criminosas, desde a contratação das ´mulas´ (pessoas destacadas para transportar a droga), à compra da ´mercadoria´ diretamente na fonte produtora. A cocaína que entra no Brasil é originária de países como Bolívia, peru e Colômbia e chega ao Ceará através de rotas que são permanentemente desarticuladas pela PF.

A maioria das apreensões de drogas em Fortaleza acontece por conta da vigilância da PF no Aeroporto Internacional Pinto Martins, onde ´mulas´ acabam detidas na hora do embarque.

FERNANDO BARBOSAREPÓRTER

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Criminosos explodem carro-forte em Saboeiro

Um carro-forte foi explodido e teve o dinheiro roubado, na CE-282, em Saboeiro (a cerca de 450 km de distância de Fortaleza), na tarde d...