sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Deficiente é impedida de subir em ônibus por funcionários

Um vídeo que mostra uma mulher com deficiência física sendo expulsa de um ônibus da empresa Via Urbana está circulando pelas redes sociais na manhã desta sexta-feira (11). O caso aconteceu na última quinta (10), na Avenida Santos Dumont, e tem revoltado os internautas, inconformados com a situação. Somente em uma fanpage do Facebook sobre a cidade de Fortaleza, o vídeo já alcançou mais de 3 mil visualizações.
As imagens exibem o momento exato em que a mulher, com o auxílio de muletas, tenta subir pela porta dianteira do coletivo. Dois funcionários, identificados no vídeo por camisas azuis, bloqueiam a passagem. Um deles pega uma das muletas e empurra a mulher para fora do veículo, e ela, de joelhos no chão, revida, batendo de volta nos dois homens.
Em entrevista ao Diário do Nordeste, o gerente de operação de tráfego da empresa Via Urbana, Jarbas Pinto, explicou ter ouvido, extraoficialmente, uma versão de que a mulher em questão havia jogado uma pedra no ônibus no momento anterior ao registrado nas imagens. Além disso, ele afimou que a mulher, que geralmente pede dinheiro nos coletivos e em terminais de integração, costuma causar confusão nestes locais, através de gritos e xingamentos, e que este poderia ter sido o fato motivador da atitude do motorista e do cobrador.
Jarbas Pinto diz também que ainda não teve oportunidade de conversar pessoalmente com o motorista, pois este precisou receber atendimento hospitalar após o episódio. "Estamos tentando localizar o endereço dele para tentar falar com ele. Vamos ouvir a versão dele e só então vamos nos pronunciar oficialmente, para não ferir a imagem de ninguém", esclarece.
Em nota, o Sindiônibus lamentou o fato ocorrido e diz estar tomando providências no sentido de apurar mais detalhes sobre o episódio, com o objetivo de identificar possíveis falhas adotar medidas para a melhoria do serviço, tendo como prioridade o ser humano, quer seja o trabalhador quer seja o usuário, ciclista, pedestre, ou qualquer cidadão. 
O sindicato também reforçou que há investimentos constantes em treinamento e qualificação dos 11 mil operadores associados, com treinamento Qualidade no Atendimento a Clientes e Acessibilidade, além dos diversos treinamentos oferecidos individualmente por cada empresa de ônibus. 

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Raio de Canindé bota pra lascar.

Foi preso na noite de terça feira no bairro do “S”,  individuo portando um revolver cal. 38 o nome dele não foi divulgado, o que se sabe p...