terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Homem é preso tentando viajar com cocaína

Suspeito estava dentro de um ônibus de viagem com destino a Sobral para onde iria com quatro quilos de cocaína
A Polícia Civil impediu a rota de viagem de um homem com quatro quilos de cocaína e descobriu um esconderijo na parede de sua casa com mais drogas, uma pistola e munições. A ofensiva foi efetuada por policiais da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), na última quarta-feira (23).
Denúncias anônimas foram feitas à especializada sobre um homem que embarcava com entorpecentes no terminal rodoviário do Antônio Bezerra, em Fortaleza. Ao apurar as informações, os policiais interceptaram José Wilker Silva (28), que não possuía antecedentes criminais, dentro de um ônibus de viagem com destino a Sobral para onde o suspeito iria com quatro quilos de cocaína. O entorpecente foi encontrado dentro de sua bagagem, uma mochila, e estava distribuído em oito peças. A abordagem ocorreu na Avenida Mister Hull.
Wilker ainda confessou aos policiais que matinha um esconderijo com outra quantidade da droga em sua casa, situada na Rua Teodomiro de Castro, bairro Álvaro Wayne.
Esconderijo em casa
Um cofre falso instalado na parede, escondido por detrás de um interruptor de lâmpada. Este era o esconderijo dos produtos ilícitos na casa do suspeito. No espaço, que fica em um quarto aparentemente não ocupado, os policiais encontraram outros dois quilos de cocaína, uma pistola calibre 380 municiada, três carregadores de mesmo calibre, munições de calibres 38, 380 e ponto 40, a quantia de R$ 500,00 em espécie e uma balança de precisão.
A cocaína estava pronta para ser comercializada, dividida em quantidades que variavam de 20 a 300 gramas. Para ter acesso ao material, os investigadores retiraram a tampa do interruptor e abriram a portinhola do cofre com a chave que estava dentro de um móvel, também no quarto.
Com Wilker ainda foram encontrados dois aparelhos celulares. Ele foi encaminhado à sede da DCTD e autuado por tráfico de entorpecentes.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Operação na cadeia Pública de CANINDÉ.

141 celulares  60 carregadores  47 chips 38 baterias extras 4 pendrive 2 cartões de memória  1 balança de precisão  44 papel...