terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Homens são presos quando pescavam em açude de Solonópole

Milhã - Cadeia Pública 2015Solonópole
Cinco pescadores foram presos na noite deste domingo em Solonópole, a 275Km de Fortaleza. Segundo informações da Polícia eles foram flagrados furtando peixes no açude da Fazenda Serra, situada na zona rural deste município do Sertão Central. Eles foram recolhidos à cadeia pública de Milhã. Todos moram na cidade vizinha, Banabuiú.
Ainda de acordo com informações da Polícia, nenhum peixe ainda havia sido pescado. Os pescadores alegaram que recorreram ao açude daquela localidade, situada a cerca de 15km do Centro de Solonópole porque o açude Arrojado Lisboa, em Banabuiú, está praticamente seco. Suas famílias estão famintas.
A reportagem do Diário do Nordeste não conseguiu manter contato com o gerente da propriedade rural invadida. Todavia, ele havia explicado a policiais que os pescadores deveriam ter pedido autorização para a pesca. Como não fizeram, mesmo sem terem pescado nada, resolveu chamar a Polícia.
A lei brasileira prevê jurisdição especial para casos dessa natureza. O furto, que consiste na subtração de alimentos para matar a fome é denominado “famélico”. Praticado em tais condições, caracterizado o estado de necessidade do infrator, o crime pode ser descaracterizado.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Agricultores de Canindé elegem primeira mulher presidente do Sindicato Rural

Os agricultores (as) do município de Canindé elegeram, neste domingo (20), a primeira mulher que vai presidir a entidade sindical no muni...