sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Caso de idosa serve de alerta

Iguatu. Permanece em recuperação, na enfermaria do Hospital Regional desta cidade, no Centro-Sul do Ceará, a aposentada Maria Eunice Gomes Tavares, 66. Ela passou dois dias desaparecida e foi encontrada caída em uma roça, na zona rural de Acopiara, com queimaduras no corpo e desidratada. Geralmente, ocorrem situações semelhantes com idosos no Interior do Estado. Isso exige dos parentes atenção redobrada. "A maioria dos casos envolve pessoas com deficiência mental", lembra o subtenente do Corpo de Bombeiros, em Iguatu, Jackson Pereira. Maria Eunice, no caso, tem diagnóstico de esquizofrenia desde a adolescência.
Na manhã de ontem, a sobrinha, Neuma Gomes Tavares, que é professora, acompanhava a tia, que recebe hidratação e tratamento específico para queimaduras. "Ela agora está bem melhor, deve sair amanhã (hoje) ou sábado, mas passamos um medo enorme, achando que tivesse morrido", contou.
O desaparecimento e resgate de Maria Eunice terminaram bem, mas por pouco não houve um fim trágico. Ela sobreviveu graças à mobilização de parentes, vizinhos e de moradores do Sítio Palmeira, onde foi encontrada, na tarde de segunda-feira (8). É uma história de solidariedade. Um detalhe chamou a atenção: o cão de estimação, 'Ilamar', permaneceu todo o tempo ao lado da idosa.
Moradora de Acopiara, Maria Eunice costumava sair várias vezes ao dia, para fazer compras ou passear no entorno de casa, sempre acompanhada do cãozinho de estimação. No sábado de Carnaval (6), não retornou para o almoço. "Fui de moto com meu marido, procuramos pelas ruas, colocamos aviso no rádio", contou Neuma. "À tarde, uma moradora do bairro Moreira contou que a viu andando pelo asfalto, ao lado do cachorro, com risco de ser atropelada, saindo da cidade", acrescentou. O casal percorreu sítios próximos até as 22h, em vão. As buscas foram retomadas na manhã do domingo. "Fomos dormir no domingo desesperados, temendo o pior", disse.
Na segunda-feira, outra sobrinha, Isaura Gomes, buscou apoio do Corpo de Bombeiros de Iguatu, que acionou o helicóptero do Ciopaer, em Orós. A idosa foi localizada caída, no meio do tempo, próximo a uma casa abandonada, a 6Km do centro dos locais de busca.
O tenente Jackson Pereira observa que os parentes dos idosos e de pessoas com distúrbios mentais devem sempre ficar atentos. "Não se recomenda saírem sós ou ficarem em casa sem companhia, com acesso a objetos cortantes", disse. "As pessoas ficam desorientadas, perdidas, não sabem voltar para casa e caem no mato. Cansadas, podem sofrer um enfarto". No segundo semestre do ano passado, uma senhora desapareceu e foi encontrada morta, na zona rural de Iguatu, dois dias depois.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Homem é executado com vários tiros no bairro Campo Velho, em Quixadá

O clima de aparente calmaria e tranquilidade de Quixadá, foi quebrado na noite deste sábado (14) quando um homicídio a bala foi registrado...