quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Igreja Católica Comemora amanhã o Dia do Romeiro em Canindé


 

Com o tema: ‘’SÃO FRANCISCO ACOLHE SEUS ROMEIROS NA MISERICÓRDIA DO PAI’’, a paróquia de São Francisco das Chagas de Canindé, realiza hoje dia 03 de fevereiro o Dia do Romeiro, na sua 11ª edição.
A data instituída pela lei nº 1.872/05 de 02 de março de 2005 pela gestão municipal, originária de um Projeto de Lei do vereador a época CELSO CRISÓSTOMO, hoje prefeito de Canindé e apoiada pela Paróquia de São Francisco das Chagas, tem como objetivo homenagear os romeiros peregrinos e todos os devotos, que além de expressar a sua fé e devoção, contribuem para o desenvolvimento da cidade.
Para os fiéis, assim como para o Pároco e Reitor do santuário, frei Marconi Lins, que coordena pela segunda vez a festa, a data representa um momento de integração e também de aprendizado. "Quem vem aqui fica entusiasmado e sai radiante, numa demonstração de fé e devoção a São Francisco, na caminhada profunda ao santo vivo, como fez Jesus. O Dia do Romeiro é um dia de ação de graças, para que os fiéis tenham amor profundo por São Francisco e pelo santuário", diz o frade.
Programação
A programação da festa do Romeiro contará com missas celebradas às 6, 9, 16 e 18 horas, na Basílica e Gruta de Nossa Senhora de Lurdes. Após missa solene em Ação de Graças ao Dia do Romeiro, uma procissão com o Painel de São Francisco deverá reunir a população e os romeiros pelas principais ruas de Canindé. Após a procissão, será realizado o encerramento dos festejos com a bênção do relicário.
Depois do retorno do Painel do santo à Casa dos Milagres, serão realizadas várias homenagens aos responsáveis pelas romarias e aos que contribuem para o bom desempenho e atendimento aos romeiros durante todo ano de 2015, além de apresentações culturais.
O prefeito de Canindé, Celso Crisóstomo, também participará das festividades. "A festa é da Paróquia, mas estamos presentes, porque entendemos que é necessária essa parceria. Quem vem ao santuário, vem para ver São Francisco", frisou o autor do Projeto de Lei Nº 002, de 18 de fevereiro de 2005, que cria o Dia do Romeiro em Canindé, quando vereador.
Frei Joãozinho Sannig observa que o dia é uma tradição dos devotos de alguns Estados do Nordeste. "É comum nesta data os devotos fazerem uma romaria passando por Juazeiro do Norte, seguindo para Canindé. Romeiros são especiais, pois refletem a espiritualidade franciscana. “A romaria representa a nossa caminhada da vida rumo ao céu, cada dia renovando a esperança”. Caminhamos em busca de Deus e da sua justiça. O primeiro peregrino da Bíblia foi Abraão, que saiu de sua terra natal e seguiu pelo mundo peregrinando para difundir a Palavra de Deus", explica frei Joãozinho.
"No dia do romeiro, os devotos são iluminados pela festa em Juazeiro, cantam com São Francisco, 'onde há trevas que eu leve a luz'. Realmente os romeiros são uma luz neste mundo materialista e egoísta. Eles são chamas vivas de fé e também de esperança. Com seus romeiros, São Francisco nos exorta, para que todos nós sejamos luz por nossa ação, servindo de luminoso exemplo aos outros", observa o franciscano.
Para ele, a vela acessa é símbolo de uma fé viva. "Recebemos esta vela no nosso batismo e a acendemos em nossas celebrações cantando: 'A nós descei divina luz, em nossas almas acendei o amor de Jesus'. Depois desse momento, todos aguardam pelas chuvas. O povo agricultor cuida do plantio e espera pela época da Festa de São Francisco para reiniciar suas romarias".
A Comerciante Maria Tereza da Silva Chagas se diz feliz com essa parceria que está sendo firmada entre a Igreja Católica e a Prefeitura de Canindé. "Isso só fortalece o nosso turismo. Canindé precisa de união e agora vejo que todos estão no caminho certo", finalizou.

Texto e foto de Antônio Carlos Alves

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Operação na cadeia Pública de CANINDÉ.

141 celulares  60 carregadores  47 chips 38 baterias extras 4 pendrive 2 cartões de memória  1 balança de precisão  44 papel...