quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Oito sergipanos são presos em flagrante por estelionato em Fortaleza

Suspeitos pediam ajuda para estudar e clonavam cartões de crédito.
Para entrar nas casas, golpistas se passavam por agentes do IBGE.

Do G1 CE
Oito sergipanos que integravam uma quadrilha suspeita de estelionato foram presos na tarde desta terça-feira (2), em Fortaleza. Segundo a Polícia Civil, os suspeitos aplicavam golpes se passando por recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para entrar na casa de moradores.
Ainda de acordo com a polícia, após fazerem perguntas e preencherem um falso questionário, os golpistas diziam que trabalhavam para uma empresa de livros chamada “PLD” e que eram ex-usuários de drogas. Em seguida, eles pediam um “apadrinhamento” para estudar e uma ajuda em dinheiro que só poderia ser pago com cheque ou cartão de crédito. Ao efetuarem o pagamento, os moradores tinham o cartão clonado pelo grupo.
Flagrante
A polícia capturou os suspeitos em flagrante quando tentavam aplicar o golpe em um morador do Bairro Vila União. Um dia antes, duas pessoas, uma delas lesada pelo golpe, registaram boletins de ocorrência informando sobre a ação do grupo. Ao todo, foram presos seis homens e duas mulheres. Com eles, foram apreendidos um carro e uma máquina de clonagem de cartão. Um homem apontado como líder da quadrilha fugiu e ainda não foi encontrado.
Os suspeitos e o material apreendido foram levados para o 25º Distrito Policial, no Bairro Vila União. A polícia tem indícios de que o grupo também atuava em São Paulo, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal, já que um dos suspeitos tem histórico de prisão pelo mesmo golpe em Campo Grande (MS) e que o carro apreendido tinha uma multa registrada em São Paulo.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Homem é executado com vários tiros no bairro Campo Velho, em Quixadá

O clima de aparente calmaria e tranquilidade de Quixadá, foi quebrado na noite deste sábado (14) quando um homicídio a bala foi registrado...