quarta-feira, 16 de março de 2016

Dezenas de vítimas em 29 ações criminosas na cidade de Quixadá

Os dados dessa criminalidade o portal Revista Central contabiliza através de relatórios da Polícia Militar.
policia_nomes_viautura
A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social-SSPDS continua inerte em relação à criminalidade na região Central do Ceará, especialmente na cidade de Quixadá. Os índices a cada dia aumentam e nenhuma medida tem sido promovida com o objetivo de conter essa onda de violência. 
Março está sendo marcado cpor assaltos, já são dezenas de vítimas em 29 ações criminosas, os bens mais roubados são celulares. 
O mais recente foi na Rua José de Alencar, próximo ao BNB, uma estudante de 19 anos teve sua bolsa contendo documentos pessoais e vários objetos de uso pessoal roubado; a segunda vítima trata-se também outra estudante residente em Banabuiú, que teve sua bolsa contendo vários documentos pessoais, cartões de crédito e relógio. 
Segundo relatos das vítimas, eram três indivíduos ambos em bicicletas, e um deles armado a faca, anunciaram o assalto, e subtraíram os objetos já citados. 
Através de fotos, uma das vítimas reconheceu o indivíduo conhecido pelo pseudônimo de “Joãozinho”, residente no bairro Campo Velho. 
Ainda em Quixadá, um estabelecimento comercial localizando na Avenida José Caetano, foi roubado por dois indivíduos. Os larápios subtraíram a quantia de R$ 200,00 (duzentos reais). Eles estavam armados de espingarda calibre 12. 
Outro dois crimes foram realizado no sábado, um homem de 43 anos, teve uma quantia de R$ 400,00 roubado. Um Salão de Beleza foi invadido e a proprietária e uma cliente tiveram os seus celulares roubados.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Homem é executado com vários tiros no bairro Campo Velho, em Quixadá

O clima de aparente calmaria e tranquilidade de Quixadá, foi quebrado na noite deste sábado (14) quando um homicídio a bala foi registrado...