quarta-feira, 23 de março de 2016

Operação apreende armas, munição e aves em Tauá e Parambu

Prisões e apreensões foram realizadas na região entre Tauá e Parambu desde a última sexta-feira (18) por homens da 4ª Cia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), em Juazeiro do Norte. Segundo informações policiais, as operações devem se encerrar nesta segunda-feira (21) com o objetivo de prevenir os crimes ambientais nos municípios de Aiuaba, Tauá e Parambu.
Em Tauá, foram apreendidas duas escopetas, além de cartuchos com munição. Segundo a 4ª Cia do BPMA, um homem foi preso no município. Já em Parambu e Tauá, quatro armas de fogo foram apreendidas, junto de munição e diversos pássaros. Segundo policiais envolvidos na operação, foram realizadas oito prisões nas cidades. 
Prisões
José Alves filho, de 61 anos, agricultor, foi detido ainda na sexta (18) com duas espingardas e dois canários da terra. Enquanto isso, Raimundo Lucas da Silva, de 53 anos, comerciante, foi preso em Parambu pela venda ilegal de munições, além de remédios e cigarros de contrabando. Segundo a Polícia, ele foi encaminhado para a delegacia de Tauá. Já José Batista de Almeida, de 54 anos, foi preso por porte ilegal de arma de fogo.
Antônio Batista Menezes de Oliveira, 48 anos, motorista, foi levado pela Polícia por porte ilegal de arma, por conta de duas espingardas, e por crime ambiental, pois também possuía um animal silvestre. Eurico Lopes de Sousa, também com 48 anos, foipreso por porte ilegal de arma.
Também em Parambu, Gonçalo Marcelino de Oliveira, que criava pássaros silvestres ilegalmente, foi acusado de corrupção ativa, após oferecer uma quantia de R$ 1.000 aos policiais da operação. Outro que também foi detido foi Francisco Lagislau Rodrigues Mota,  por criação ilegal de animais silvestres. Com ele estavam cerca de 27 pássaros.
Já nesta segunda-feira (21) Francisco Lopes da Silva, de 50 anos, foi detido com uma espingarda calibre 20 e mais 40 cartuchos. O homem foi enviado ao município de Tauá e se encontra à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Operação na cadeia Pública de CANINDÉ.

141 celulares  60 carregadores  47 chips 38 baterias extras 4 pendrive 2 cartões de memória  1 balança de precisão  44 papel...