terça-feira, 8 de março de 2016

Polícia prende estudantes por vazar vídeos íntimos de adolescente no CE

Prisões ocorreram em Icó, no interior do Ceará, neste domingo (6), diz PM.
Polícia recolheu computadores e celulares com vídeo de adolescente.

Do G1 CE
Policiais apreenderam celulares e computadores do suspeito (Foto: Richard Lopes/Arquivo pessoal)Policiais apreenderam celulares e computadores
do suspeito (Foto: Richard Lopes/Arquivo pessoal)
Dois estudantes foram presos em Icó, no interior do Ceará, suspeitos de divulgar vídeo íntimos de uma adolescente de 15 anos. De acordo com o pais da garota, o material foi enviado pelo aplicativo Whatsapp para o namorado de 21 anos e foi compartilhado em redes sociais.
Após a denúncia, policiais da Delegacia Regional de Icó realizaram mandados de busca e apreensão que levaram à prisão de um casal de estudantes. Uma foi liberada após pagar fiança no valor de R$ 5 mil e responderá ao processo em liberdade. O segundo segue preso desde domingo (6). Além das prisões foram apreendidos um notebook, computadores e celulares.
O delegado Maurício Júnior afirma que analisou todos os celulares e encontrou o vídeo em pelo menos dois deles. Os estudantes presos foram autuados por “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Em caso de condenação, a pena prevista é de um a quatro anos de prisão e multa.
O namorado da adolescente alegou em depoimento que recebeu o vídeo mas não o enviou a outras pessoas. A divulgação do vídeo íntimo, segundo o suspeito, ocorreu após ele perder o celular. O material apreendido será periciado e, segundo a polícia, outras pessoas poderão ser alvo de busca e apreensão domiciliar.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Raio de Canindé bota pra lascar.

Foi preso na noite de terça feira no bairro do “S”,  individuo portando um revolver cal. 38 o nome dele não foi divulgado, o que se sabe p...