segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Bando explode agência bancária

Uma quadrilha armada, formada por cerca de 15 homens, invadiu e explodiu a agência do Banco do Brasil do município de Pedra Branca (a 260Km de Fortaleza). O bando levou uma quantia em dinheiro não informada.


De acordo com da Polícia, por volta da meia-noite, cerca de 15 a 20 homens teriam chegado ao município em motocicletas, um Jeep Renegade e um Toyota Corolla, que havia sido tomado de assalto no último sábado (30) no Distrito de Cruzeta. Os bandidos fizeram alguns moradores e um vigilante reféns.
Após dinamitar os caixas eletrônicos, os bandidos fugiram levando o dinheiro e alguns dos reféns. As vítimas foram liberadas em uma estrada no Distrito de Cruzeta.
Policiais militares do Destacamento de Pedra Branca com o apoio de outros militares dos municípios de Mombaça, Senador Pompeu, Milhã e outras cidades além de patrulhas do Comando Tático Rural (Cotar), realizam diligências na região objetivando prender a quadrilha.
Até o fim da noite de ontem, ninguém havia sido preso. Esse é o segundo ataque a banco registrado no interior do Estado em dois dias.
Parambu
Uma agência do Bradesco em Parambu também havia sido alvo de uma quadrilha na madrugada da última sexta-feira (29). Na ocasião, a ação criminosa foi realizada por pelo menos 15 homens, que também estavam em carros e motos.
Ainda segundo a Polícia, enquanto parte do bando preparava o explosivos e dinamitava os caixas eletrônicos, outros bandidos foram para o Destacamento da PM no município. Eles metralharam a fachada da unidade policial e a viatura, impedindo perseguição policial. Após pelo menos três explosões no local, onde dois caixas eletrônicos teriam sido violados, os criminosos saíram em fuga.
Em entrevista na última sexta-feira, Raphael Vilarinho, titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), informou que uma equipe da Especializada havia sido deslocada para a região logo após o crime e iniciado a investigação. Vilarinho explicou que investigações preliminares apontam que os bandidos são oriundos do Piauí.
Ontem, o delegado descartou que a ação tenha sido praticada pelo mesmo grupo que atacou o banco em Parambu. Vilarinho acredita que os criminosos que agiram em Pedra Branca sejam de quadrilhas de assaltantes daqui do Ceará. Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos já estão investigando caso.
Com esse caso de ontem, sobe para 34 o número de bancos atacados no Estado neste ano. Em 2015, em igual período, foram 41 casos, conforme cruzamento de dados feito pelo jornal com levantamentos do Sindicato dos Bancários e da Polícia Civil. O número representa uma redução de 27 % .

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Homem é executado com vários tiros no bairro Campo Velho, em Quixadá

O clima de aparente calmaria e tranquilidade de Quixadá, foi quebrado na noite deste sábado (14) quando um homicídio a bala foi registrado...