quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Irmã de mulher morta e concretada é presa suspeita de ter cometido o crime

Mulher, de 46 anos, estava em viagem pelo litoral de Santa Catarina.
Ela foi presa depois de se envolver em um acidente de trânsito, em Penha.

Do G1 PR, com informações da RPC Foz do Iguaçu

A irmã da mulher morta e concretada no quintal de casa, em Santa Helena, no oeste do Paraná, foi presa suspeita de ter cometido o crime. A mulher, de 46 anos, foi detida depois de se envolver em um acidente de trânsito em Penha (SC), na noite de terça-feira (13). A Justiça do Paraná já havia expedido um mandado de prisão temporária contra ela e estava aguardando o cumprimento.
Janete Boeni é irmão de Ladis Boeni, de 52 anos, que foi encontrada morta na quarta-feira (7) nos fundos da casa onde morava. Ládis, que era professora em uma creche da cidade, estava desaparecida desde ao menos o dia 2 de dezembro, quando, segundo a polícia, foi vista pela última vez por vizinhos.
O corpo, que tinha marcas de facada, foi achado sob uma camada de concreto por um sobrinho que cuidava da casa.
A suspeita foi levada para o Presídio Regional de Itajaí e, de acordo com o delegado de Santa Helena, Ezequias de Barbosa Cavalcanti Filho, deve ser transferida para o Paraná até esta quinta-feira (15). Além da autoria, a polícia investiga os motivos do crime.
G1 tenta contato com o advogado de Janete.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Superior Tribunal de Justiça anula júri por uso de algema em réu durante julgamento

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por maioria, anulou uma sessão do tribunal do júri porque o réu, acusado de homicídio...