quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Vereadora tem casa invadida e é executada a tiros em Aiuaba

CelyA vereadora da Câmara Municipal de Aiuaba, Jucely Alves Arrais, 36,  foi executada a tiros, no início da tarde desta terça-feira (21), no povoado de Bom Nome, onde morava. De acordo com a Polícia, dois homens invadiram a casa da vítima e atiraram várias vezes contra ela. Dois veículos, que não foram identificados deram apoio à ação.  
A vereadora, que era conhecida como ‘Cely’, chegou  a ser socorrida e encaminhada à Cidade de Pio IX, no Estado do Piauí, mas não resistiu aos ferimentos. Ela estava na segunda legislatura e foi eleita pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT).
O sargento Edilson Batista, que comanda o destacamento de Aiuaba, disse que as diligências já foram iniciadas, com apoio de patrulhas do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e do Batalhão de Juazeiro do Norte.
Este é o segundo caso de assassinato de vereadores do Município de Aiuaba, no últimos cinco meses. Em outubro, José Valmir Souza estava em um comício quando foi abordado pelos atiradores. Os suspeitos do crime não foram presos. Conforme o sargento, Valmir era cunhado de 'Cely'. 
Um irmão da vereadora também foi morto recentemente. Edilson Batista disse que ainda é cedo para falar sobre a motivação do crime. "As coisas ainda estão muito 'quentes'. Não sabemos o que pode ter motivado a morte ainda"   

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Criminoso da lista dos mais procurados do CE é detid

Um dos 16 criminosos mais procurados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Antônio Mardônio Lopes Alves, o 'Can...