quarta-feira, 7 de junho de 2017

Padre é suspenso após suposto caso de abuso sexual

Um padre católico foi afastado pela Arquidiocese de Fortaleza após supostamente tentar abusar sexualmente um adolescente de 17 anos, no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza. O religioso estava na igreja desde dezembro do ano passado e o menor prestava serviços na secretaria paroquial. 
De acordo com o menor, quando o religioso notou sua orientação sexual homossexual, passou a cercá-lo com propostas de conotação sexual, inclusive com propostas financeiras. Por não aceitar, o adolescente decidiu denunciar o padre. Algumas ameaças teriam sido feitas desde então. 
No próximo dia 19, o adolescente, acompanhado de familiares e um advogado, participarão de uma audiência na Delegacia da Criança e do Adolescente (Dececa). 
O padre afastado foi procurado para se manifestar sobre o assunto, mas até o fechamento desta nota, não houve retorno. Para garantir a segurança do adolescente, todas as identidades foram preservadas. 
Na página da Arquidiocese de Fortaleza, aparece todo o histórico do religioso, que já passou por igrejas em Aquiraz, Palmácia e Redenção. No último dia 20 de abril, consta a “suspensão do uso de Ordem Sacra”. A paróquia que o religioso assumiu no fim do ano passado, Igreja Nossa da Conceição, foi a mesma onde a menina Alanis Maria Laurino (5) estava, quando foi sequestrada, em janeiro de 2010. 
Fonte: Cnews

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Agricultores de Canindé elegem primeira mulher presidente do Sindicato Rural

Os agricultores (as) do município de Canindé elegeram, neste domingo (20), a primeira mulher que vai presidir a entidade sindical no muni...