sexta-feira, 9 de junho de 2017

Suspeito de homicídios recebe alta de hospital e é escoltado para Canindé

O homem suspeito de praticar um assassinato e ter envolvimento com vários roubos e participação direta em latrocínio na comunidade de Poço da Pedra, zona rural de Canindé, foi liberado de um hospital em Fortaleza. Marcos Vinícius Ferreira da Silva, o ”Negão”, estava internado desde do dia 26 de maio, depois de ser baleado pela Polícia Militar quando tentava fugir de uma perseguição policial na zona rural de Paramoti.
“Negão” foi preso devido uma operação desencadeada pela Polícia Militar, após um roubo seguido de morte na zona rural de Canindé. Na mesma operação, também, foi preso José Valdecir Ferreira da Silva, 22 anos, irmão de “Negão”, e um adolescente de 17 anos foi apreendido.
Com os suspeitos, a PM encontrou vários objetos pertencente a Antônio Alves Cavalcante, conhecido como “Bem-vindo”, de 66 anos, vítima do latrocínio, e, ainda, uma arma utilizada no crime.
Após receber alta, “Negão” foi escoltado de Fortaleza por uma equipe de Policiais Militares até a Delegacia Regional de Polícia Civil de Canindé. O suspeito também é apontado como autor do crime acontecido na noite do dia 29 de abril, na rua Dom Henrique, no bairro do Monte, em Canindé, onde Antônio José Santos Bezerra, de 25 anos, foi morto a facadas.
Foto: Divulgação da Polícia Civil / Fonte: Portal Canindé

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Sindicato Rural realiza eleição para Nova Diretoria no domingo (20)

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Canindé realizará no próximo domingo (20) eleição para a escolha da nova diretoria.  Duas chapas...