sexta-feira, 23 de junho de 2017

Trio é preso por compartilhar pornografia infantil

Um trabalho de investigação desenvolvido pela Polícia Civil, por meio das Delegacias Regional de Tianguá e Municipal de Ipu, culminou nas capturas de três homens, na última quarta-feira (21), suspeitos de compartilharem, via WhatsApp, imagens contendo pornografia infantil. O fato ocorreu na cidade de Ipu, e após tomar conhecimento das imagens, equipes de policiais civis diligenciaram no intuito de descobrir a procedência do vídeo, bem como identificar as pessoas que os publicaram. 
Após receber a informação, a Polícia Civil iniciou as investigações e chegou a três indivíduos, sendo estes identificados por Francisco das Chagas Farias de Sousa (43), Francisco Carpegiane de Sousa de Sousa Lima (37) e Valdemir Farias Torres (38). Todos sem antecedentes. Os infratores foram localizados pelos profissionais de segurança, após compartilhar um vídeo no qual aparecia uma criança sendo abusada por um homem. Após verificar os celulares dos indivíduos, os policiais encontraram o vídeo ainda armazenado na memória dos aparelhos. De acordo com o artigo 241-B da Lei nº 11.829, configura como crime, “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”. 
Os homens foram conduzidos para a Delegacia Municipal de Ipu, onde foram autuados indiciados em inquéritos policiais, pelo crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Em depoimento, eles informaram que haviam recebido e enviado o vídeo em grupos criados no aplicativo de mensagens, mas que desconheciam a autoria do material. De acordo com o delegado Miguel Sales, que presidiu as investigações, os trabalhos estão em curso, mas há indícios que as cenas não tenham sido gravadas no Ceará. No entanto, as apurações permanecem até a conclusão do inquérito policial. 

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Ministério Público recomenda que prefeita realize o pagamento de servidores pontualmente

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 2ª Promotoria de Justiça de Canindé, baixou uma Portaria de instauração de pr...