sexta-feira, 21 de julho de 2017

Mortes dos PM’s: 18 testemunhas de acusação e réus são ouvidos durante audiência tensão em Quixadá

 A 1ª Vara da Comarca de Quixadá realizou, nessa quarta-feira (19/07), a primeira audiência de instrução do processo que investiga o assassinato de três policiais militares durante tentativa de assalto em Juatama, naquele município, localizado no Sertão Central do Ceará. Na mesma ação, que ocorreu em 30 de julho de 2016, dois PMs ficaram feridos.
A sessão, presidida pelo titular da unidade, juiz Welithon Alves de Mesquita, teve início às 8h30 e se estendeu ate as 22h07. Foram ouvidas 18 testemunhas de acusação (a maioria policiais que participaram da operação, incluindo as duas vítimas sobreviventes), além dos acusados David William Lázaro, o “Deivim”; Fábio Jandson Gomes de Sousa, o “Jandson do Feijão”; Fábio Oliveira Rabelo, conhecido como “Fábio Bombado”; João Victor da Silva, que tem o apelido de “Joãozinho ou Vitão”; e Francisco Neuton Barbosa Freire, o “Neuton ou Casquinha”. Cinco réus continuam foragidos.
Também participaram da oitiva os representantes do Ministério Público (MP) estadual, Felipe Diogo de Siqueira frota, Marcos William Leite de Oliveira, Gina Cavalcante Vilasboas e Marcelo Cochrane Santiago Sampaio, além da defensora pública Glaiseane Lobo Pinto de Carvalho.
As testemunhas de defesa serão ouvidas em audiências designadas para os dias 21 e 22 de setembro deste ano, às 8h30.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Sindicato Rural realiza eleição para Nova Diretoria no domingo (20)

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Canindé realizará no próximo domingo (20) eleição para a escolha da nova diretoria.  Duas chapas...