quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Polícia Civil prende casal com 10 quilos de droga e submetralhadora em Mombaça

Mais de dez quilos de drogas e uma submetralhadora foram apreendidos pela Polícia Civil do Estado do Ceará, após um trabalho de investigação desenvolvido pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), nessa segunda-feira (08).
Durante a ofensiva, duas pessoas foram presas, entre elas, uma mulher que recebia ordens emitidas pelo seu companheiro, que atualmente se encontra recolhido em uma unidade prisional do Estado. O resultado do trabalho policial foi apresentado, nesta quarta-feira (09), em coletiva de imprensa na sede do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro de Fátima, em Fortaleza.
A primeira pessoa capturada foi identificada por Ingrid Rocha do Nascimento, 20 anos – sem antecedentes, que era investigada pela Draco, por transportar entorpecentes de Mombaça para Fortaleza.
De acordo com as investigações, a ação criminosa era executada a partir de ordens emitidas pelo seu companheiro, identificado por Gildson Mendes de Oliveira, 31 anos – que responde a inquéritos policiais por tráfico de drogas, porte e posse ilegal de arma de fogo – e que atualmente se encontra preso. Por meio de diligências, a equipe de policiais civis chegou até uma residência na localidade conhecida por Ipueiras, onde Ingrid estava na companhia de Gabriel Ferreira Moreira, 18 anos – sem antecedentes.
Com ela, os profissionais de segurança apreenderam um tijolo de maconha pesando cerca de um quilo. Em seguida, a Polícia Civil seguiu até a casa de Gabriel, onde foram encontrados outros tijolos de maconha, pesando aproximadamente nove quilos e uma submetralhadora de calibre 9 mm.  No total, foram apreendidos 10,3 quilos de entorpecentes. Ao ser indagado, o suspeito confessou que a arma era de sua propriedade e que realizava a entrega e negociação do material ilícito.
Os dois foram conduzidos para a sede da delegacia especializada, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e na Lei das organizações criminosas. Gabriel também foi indiciado por posse ilegal de arma de fogo.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Ministério Público recomenda que prefeita realize o pagamento de servidores pontualmente

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 2ª Promotoria de Justiça de Canindé, baixou uma Portaria de instauração de pr...